Ofensividade, posse de bola, trio de ataque... O que Jesualdo pode 'herdar' de Sampaoli

Arthur Faria*
LANCE!
Elenco do Santos tem mais uma semana de preparação até a estreia do Paulistão (Foto: Ivan Storti/Santos)
Elenco do Santos tem mais uma semana de preparação até a estreia do Paulistão (Foto: Ivan Storti/Santos)


O Santos tem mais uma semana de treinamentos até a estreia no Campeonato Paulista contra o Bragantino, às 19h15, na Vila Belmiro. Mesmo saindo pelas 'portas do fundo', o ex-técnico Jorge Sampaoli deixou alguns ensinamentos que podem ser usados pelo atual Jesualdo Ferreira.

Sampaoli sempre insistia para o Santos ser ofensivo seja na Vila ou fora de casa. O estilo de Jesualdo é parecido como já foi falado por alguns atletas nos últimos dias. A pressão exercida quando o Peixe não tem a bola também pode ser focado pelo comandante de 73 anos.

A posse de bola também era uma característica do argentino. A paciência em ter o domínio da partida começava desde os zagueiros que evoluíram no fundamento. O defensor Lucas Veríssimo, por exemplo, atuava também na lateral direita e fez uma de suas melhores temporadas alternando nas posições.



O trio de ataque do Santos composto por Soteldo, Marinho e Eduardo Sasha terminou 2019 em alta. Com velocidade, habilidade e movimentação, os atletas combinaram em 29 dos 60 gols do Peixe no Campeonato Brasileiro.

Por conhecer o plantel há uma semana e no objetivo de fazer o básico, Jesualdo deve manter este trio nos primeiros jogos do Paulistão.

Os testes com Sampaoli também aconteceram durante o ano. Jobson e Guilherme Nunes, volantes de origens, já foram utilizados em outras posições durante as atividades. O último, por exemplo, tem atuado como lateral-esquerdo e zagueiro.

- Semana importante. Estou tentando começar do zero. Ele até me pediu para atuar em outras funções. Ele já disse que quer que o Santos jogue para frente mas com mais equilíbrio - falou Jobson.

Nesta quinta-feira, o Santos segue trabalhando em dois períodos no CT Rei Pelé.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também