Odair Hellmann pede calma com reforços no Santos: 'Mercado está difícil'

Técnico Odair Hellmann já está no Brasil para assumir o Santos (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)


O técnico Odair Hellmann já está em solo brasileiro para comandar o time do Santos. O treinador desembarcou no final da tarde desta terça-feira (6) no Aeroporto Internacional de Guarulhos e deve estar no CT Rei Pelé nesta quarta-feira (7). E o assunto não poderia ser outro: a chegada de reforços ao clube.

A pré-temporada da equipe santista começa no dia 14 de dezembro. O presidente Andres Rueda já deixou claro que pretende ter cerca de três ou quatro reforços contratados. Mas, até o momento, o único nome encaminhado é de Steven Mendoza, atacante que disputou a última temporada pelo Ceará.

Outro jogador que o Peixe se aproximou nos últimos dias foi do zagueiro Messias, de 28 anos, que também defendeu as cores do Vozão em 202. O defensor foi aprovado pelo departamento de futebol do clube e aguarda o aval do Comitê de Gestão do clube para assinar.

- O mercado está muito difícil para todos, não só para o Santos. O mercado está caro, se precisa de muito dinheiro e poucos times hoje no Brasil tem essa capacidade. É preciso ter calma. Mas a calma não significa que não estamos trabalhando e buscando. Mas eu, como treinador, preciso passar confiança para os que estão lá - disse o treinador para os jornalistas ainda no aeroporto.

O Santos vai receber nos próximos dias vários jogadores que retornam de empréstimo. Os volantes Jobson, Willian Maranhão e Guilherme Nunes, o meia Gabriel Pirani e o atacante Raniel são os principais nomes que devem estar no clube no próximo dia 14. Odair deve reavaliar todos.

- Vamos precisar de grupo. Um time não consegue sobreviver as competições que tem... Para se ter uma ideia, em janeiro tem quatro jogos em quinze dias. Fevereiro mais seis ou sete. Precisamos de grupo, plantel... tem os meninos. Vamos avaliar tudo com calma. Vamos dar passo a passo - afirma Hellmann.

Odair pediu a contratação de um lateral-direito, zagueiro, segundo volante, um meia armador e atacante. Um dos nomes que interessam é o de Edenílson, que está no Internacional. O Peixe segue negociando com os gaúchos. O jogador é uma das prioridades do novo treinador.