Odair Hellmann acerta as substituições e ganha moral do grupo

Odair Hellmann já mostra ter o grupo na mão (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)
Odair Hellmann já mostra ter o grupo na mão (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)


O Fluminense goleou o Bangu por 5 a 1 na tarde deste domingo, em Moça Bonita. Luccas Claro duas vezes, Yago, Felippe Cardoso e Gabriel Capixaba deixaram a marca na maior goleada do Campeonato Carioca até agora, Juliano descontou para o Bangu. O tricolor manteve os 100% de aproveitamento na competição.

No começo de temporada, um nome que vem recebendo muitos elogios de todos do Fluminense é o técnico Odair Hellmann. Felippe Cardoso, autor de um dos gols, destacou o trabalho do treinador:

- Imaginei que ele ia proteger e fui feliz de colocar o pé e a bola ter entrado. Motivo de muito alegria vestir essa camisa sagrada que é a do Fluminense. O Odair sempre dando oportunidade, conversando, pedindo paciência, porque é assim mesmo.



Outro autor de gol que saiu do banco foi o garoto Gabriel Capixaba. O jovem deixou sua marca no primeiro toque na bola e lembrou de agradecer ao treinador:

- Momento maravilhoso, primeira vez que estou tendo uma sequência boa. É agradecer ao professor pela oportunidade e pelo grupo por me abraçar cada vez mais. Dentro de campo, vou pegando entrosamento e me soltando. Bom momento, a gente trabalha para isso.

Odair Hellmann também falou da eficiência que ele teve hoje nas substituições, dois jogadores saíram do banco e marcaram gols: Gabriel Capixaba e Felippe Cardoso.

- Quando mais eu acordo cedo, quanto mais eu trabalho, mas dedo mágico eu tenho. Quanto mais eu me dedicar, mais eu for de mente aberta, mas a sorte acompanha. Que continue assim.

O Fluminense volta a campo no Campeonato Carioca no clássico contra o Flamengo, na quarta-feira, no Maracanã. O Fluminense é líder do grupo B, enquanto o rival Flamengo lidera o grupo A.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também