Obrigado pelas memórias, Leicester! O conto de fadas terminou, mas fica a lembrança espetacular!

Foi uma caminhada espetacular! Como qualquer Montanha Russa [principalmente com os altos e baixos da atual temporada] o passeio do Leicester chegou ao fim. Entretanto, poucos vão se esquecer da linda história escrita pelos Foxes nestas últimas temporadas.

Desde o acesso à primeira divisão na Inglaterra, até a incrível sequência de vitórias sob o comando de Nigel Pearson para seguir na Premier League os torcedores já estavam felizes com o desempenho da equipe. Mas enfrentar o Atlético de Madrid nas quartas de final da Champions League, sendo campeão inglês e único representante do país no principal torneio de clubes europeus... ninguém poderia imaginar!

Leicester City vs Atletico Madrid

(Foto: Getty Images)

Talvez alguns torcedores tenham acordado, nesta quarta-feira (18), acreditando terem acabado de sonhar o melhor dos sonhos.

Leicester City vs Atletico Madrid

​(Foto: Getty Images)

O empate para a equipe treinada por Diego Simeone, que acabou na eliminação, está longe de ser uma tragédia, ainda mais levando em conta o que o Atleti vem fazendo nas últimas temporadas. Durante o jogo disputado no King Power Stadium, na última terça-feira (18), o primeiro tempo foi todo dos espanhóis, que estavam felizes ao verem o Leicester com maior posse de bola. A estratégia rojiblanca funcionava às mil maravilhas, ainda mais após o gol de Saúl Ñíguez.

Só que o técnico Craig Shakespeare voltou para o segundo tempo cheio de mudanças em mente. Durante a partida, colocou Leonardo Ulloa e Ben Chilwell. Pressionou o rival, ao mudar a sua tática para um 3-4-3, com Riyad Mahrez solto para criar jogadas por todo o campo. Jamie Vardy empatou e a pressão dos ingleses era enorme para conseguir a vitória que garantiria a vaga nas semifinais.

Só que prevaleceu a defesa do Atleti, e talvez por um longo tempo não vejamos mais o Leicester nos palcos europeus. O conto de fadas, no entanto, não terminou sem final feliz. É só recordarmos do recorde de gols alcançado por Vardy, as grandes vitórias sobre Manchester City e Liverpool, da conquista da Premier League e a virada história sobre o Sevilla nas oitavas de final da Champions League. Foi todo um caminho repleto de felicidades... e nós jamais vamos esquecer!