Obras para modernização do Camp Nou começam em junho

Camp Nou entrará em obras que só devem ser entregues em 2025. Foto: David S. Bustamante/Soccrates/Getty Images
Camp Nou entrará em obras que só devem ser entregues em 2025. Foto: David S. Bustamante/Soccrates/Getty Images

A prefeita de Barcelona, ​​​​Ada Colau, e o presidente do Barcelona, ​​​​Joan Laporta, compareceram na manhã desta quinta-feira (28) na Sala de Imprensa da Câmara Municipal de Barcelona imediatamente após a Comissão Diretiva da Câmara Municipal ter aprovado a concessão de uma licença para reestruturar o Camp Nou.

As obras de renovação do Camp Nou, epicentro do projeto Espai Barç , começarão em junho, assim que a temporada de futebol terminar, e de acordo com o alvará de construção aprovado pela prefeitura da cidade catalã.

Leia também:

O trabalho se concentrará no primeiro e no segundo nível, aspectos tecnológicos, entorno do estádio e urbanização externa.

O presidente Joan Laporta disse há algumas semanas, dadas as incertezas geradas pela guerra na Ucrânia, especialmente no que diz respeito ao custo e disponibilidade de materiais, um princípio de precaução deve ser observado para minimizar riscos e proteger as receitas da próxima temporada, mas com o menor impacto possível no cronograma das obras.

A demolição do terceiro nível, portanto, será realizada no verão de 2023, o que ganhará tempo devido à atual incerteza dos preços e garantirá que o Camp Nou possa operar praticamente com capacidade total na próxima temporada. A demolição mais cedo significaria ter que jogar a temporada 2022/23 com apenas 50% da capacidade.

Com esta mudança de cronograma, a demolição coincidirá com a realocação dos jogos do Camp Nou para o Estádio Lluís Companys em Montjuïc.

Assim na temporada 2022/23, os jogos do Barcelona continuarão sendo realizados no Camp Nou. Já na temporada 2023/24, a equipe jogará em Montjuïc. Nos campeonatos de 2024/25, os trabalhos continuarão no Camp Nou, mas os jogos também podem ser realizados lá, embora com a capacidade reduzida em aproximadamente 50%. O trabalho seria concluído durante a temporada 2025/26.

Os gastos previstos para a obra são superiores a 1,5 bilhão de euros, conforme aprovado por grande maioria na última reunião do conselho do clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos