O XI ideal combinado de Brasil x Chile, com base nas prováveis escalações

·3 minuto de leitura

Tudo ou nada. A Seleção Brasileira vai receber o Chile no Estádio Nilton Santos, às 21h de Brasília desta sexta-feira (2), pelas quartas de final da Copa América. Após sobrar no Grupo B, a Canarinho vai para a sua primeira grande batalha e a expectativa é pela vaga para as semifinais do torneio da Conmebol. La Roja, por sua vez, não teve vida fácil no Grupo A, mas avançou e quer fazer história no Rio de Janeiro.

E, como não seria diferente, vários grandes nomes do futebol internacional estarão em campo neste Brasil versus Chile. Confira abaixo o XI ideal combinado entre esses esquadrões:

1. Ederson (Brasil)

Ederson é um dos melhores do mundo. | Quality Sport Images/Getty Images
Ederson é um dos melhores do mundo. | Quality Sport Images/Getty Images

Um dos melhores goleiros do mundo na atualidade, Ederson é um excelente arqueiro e não perde em praticamente nenhum atributo para o experiente Bravo. Hoje, sem dúvidas, o brasileiro do Manchester City é muito melhor.

2. Mauricio Isla (Chile)

Mauricio Isla tem um papel muito importante no Chile. | Alexandre Schneider/Getty Images
Mauricio Isla tem um papel muito importante no Chile. | Alexandre Schneider/Getty Images

A lateral direita foi o ponto mais conflitante deste XI ideal combinado entre Brasil e Chile, em especial por Danilo e Isla não entregarem o que se imagina. Assim, o chileno levou a melhor, sobretudo pelo peso que tem na Roja.

3. Marquinhos (Brasil)

Marquinhos é outro destaque da posição no mundo. | Buda Mendes/Getty Images
Marquinhos é outro destaque da posição no mundo. | Buda Mendes/Getty Images

Outro duelo desnivelado: Marquinhos x Medel. Voando no PSG e no Brasil, o zagueiro brasileiro é muito (muito) superior ao adversário chileno. O ‘Monstro’, inclusive, foi um dos melhores da posição na última temporada (2020/21).

4. Thiago Silva (Brasil)

Thiago Silva segue em altíssimo nível. | Michael Reaves/Getty Images
Thiago Silva segue em altíssimo nível. | Michael Reaves/Getty Images

Thiago Silva se superou no Chelsea ao longo dos últimos meses e mostrou que ainda tem muito futebol para entregar. Sierralta não teria como desbancar o veterano do Brasil.

5. Renan Lodi (Brasil)

Renan Lodi caiu, mas ainda é melhor do que o Mena. | Eurasia Sport Images/Getty Images
Renan Lodi caiu, mas ainda é melhor do que o Mena. | Eurasia Sport Images/Getty Images

Renan Lodi não fez uma grande temporada, mas, ainda assim, consegue ficar à frente do lateral Mena. Com mais recursos e técnica, o brasileiro é mais confiável e também é melhor no geral.

6. Charles Aránguiz (Chile)

Charles Aránguiz acrescenta uma boa qualidade ao meio de campo do Chile. | Alexandre Schneider/Getty Images
Charles Aránguiz acrescenta uma boa qualidade ao meio de campo do Chile. | Alexandre Schneider/Getty Images

Embora não seja tão sólido, Charles Aránguiz é um excelente meio-campista e certamente faz a diferença no Chile. Fred, por outro lado, não tem repetido no Brasil o que faz no Manchester United. Ponto para o chileno.

7. Casemiro (Brasil)

Casemiro é muito fora da curva e voa no Brasil. | Wagner Meier/Getty Images
Casemiro é muito fora da curva e voa no Brasil. | Wagner Meier/Getty Images

Mais um duelo “injusto”: Casemiro x Pulgar. O brasileiro é um dos melhores do mundo no setor e não teria como perder sua vaga para o chileno. O volante do Real Madrid é fora de série.

8. Everton Ribeiro (Brasil)

Everton Ribeiro voltou a jogar bem com a camisa da Canarinha. | Buda Mendes/Getty Images
Everton Ribeiro voltou a jogar bem com a camisa da Canarinha. | Buda Mendes/Getty Images

Éverton Ribeiro foi muito criticado nos últimos meses, mas conseguiu corresponder na Seleção Brasileira e hoje aparece muito bem no bloco de frente montado por Tite. O meia-atacante do Flamengo fica com essa vaga, sobretudo por Vidal ter feito uma temporada bem ruim na Inter de Milão.

9. Gabriel Jesus (Brasil)

Gabriel Jesus tem um papel importante no Brasil de Tite. | Buda Mendes/Getty Images
Gabriel Jesus tem um papel importante no Brasil de Tite. | Buda Mendes/Getty Images

Apesar de não entregar o que muitos esperam, Gabriel Jesus tem um papel importante no Brasil e hoje entrega mais do que o Alexis Sánchez. A outra opção do Chile, Alarcon, também não ganharia para o brasileiro.

10. Neymar (Brasil)

Neymar e mais dez. | Wagner Meier/Getty Images
Neymar e mais dez. | Wagner Meier/Getty Images

Neymar tem espaço em praticamente qualquer XI ideal combinado do mundo e não seria diferente em um Brasil x Chile. O camisa 10 do PSG e da Canarinha vence 99,9% dos possíveis adversários diretos na Copa América.

11. Eduardo Vargas (Chile)

Eduardo Vargas é o 'cara' do Chile. | Miguel Schincariol/Getty Images
Eduardo Vargas é o 'cara' do Chile. | Miguel Schincariol/Getty Images

Eduardo Vargas se transforma na Seleção Chilena, em especial na Copa América. Figura história na competição da Conmebol, o atacante do Atlético-MG também tem sua vaga ‘garantida’ nesta equipe.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos