O segundo gol do Japão contra Espanha foi legal?

O passe de Mitoma saiu ou não? Foto: Robert Cianflone/Getty Images
O passe de Mitoma saiu ou não? Foto: Robert Cianflone/Getty Images

Não foi somente o placar da vitória de 2 a 1 do Japão em cima da Espanha que chamou atenção na reta final da fase de grupos da Copa do Mundo, ou seja, o gol de Tanaka, que deu o triunfo aos asiáticos, ainda causa discussão. Então, o segundo gol do Japão contra Espanha foi legal?

Vale lembrar que o gol foi validado depois de uma longa análise da equipe do VAR. Até então, os árbitros de vídeo nunca causaram tanta demora neste Mundial do Catar. Gol que levou o Japão para as oitavas de final e, também, eliminou a Alemanha do “mata-mata”.

Leia também:

O lance aconteceu quando Tanaka rebateu o arqueiro Unai Simon após cruzamento de Kaoru Mitoma, mas ao que tudo indicava a bola já parecia estar fora. No momento em que havia a revisão do VAR, imagens de TVs de diversos países mostravam que a bola não estava dentro de campo.

Porém, esses árbitros da sala de vídeo utilizaram o recurso de ângulos alternativos, que ainda não foram divulgados pela FIFA, mas que o convenceram durante a checagem que a bola não havia realmente saído, ou seja, o gol foi legal para esses analistas. Vale lembrar que às vezes o ângulo normal não é o ideal para tirar dúvidas em relação a esse lance, sendo a visão aérea a melhor, como mostrado abaixo. Porém, a Fifa não tem esse esse recurso atualmente para linha de fundo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Muitos dirigentes acreditam que essa foi a decisão correta, mas que rende discussão interminável. Sem dúvidas, foi a maior polêmica desta Copa do Mundo, que se envolveu também com questões políticas no extracampo.

FAÇANHA JAPONESA

Os japoneses simplesmente foram os carrascos dos alemães neste Mundial. Além de terem batido os germânicos por 2 a 1 na sua estreia do Grupo E, provocaram a desclassificação alemã graças ao gol de Tanaka e empurrou a Espanha para o segundo lugar da sua chave. A equipe da “Terra do sol nascente” vai enfrentar a Croácia nas oitavas de final nesta segunda (5), às 12h (horário de Brasília), no Estádio Al Janoub.