O que você precisa saber para começar o sábado

Apresentador morre aos 60 anos - Foto: Divulgação/RecordTV
Apresentador morre aos 60 anos - Foto: Divulgação/RecordTV

Morte de Gugu Liberato aos 60 anos, ministro do Meio Ambiente tem sigilo fiscal quebrado pela justiça e STF toma decisão polêmica.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Confira o que você precisa saber para começar o sábado (23):

Morte de Gugu Liberato

Gugu Liberato morreu aos 60 anos, nos Estados Unidos. Com 46 anos de carreira, o apresentador do “Canta Comigo” era um dos mais queridos do país. Gugu foi internado na quarta-feira (20) após cair de uma altura de cerca de 4 metros, dentro de casa e batido a cabeça em um móvel. Relembre os momentos marcantes da carreira do apresentador.

Morte de Heny Sobel

O rabino Henry Sobel morreu aos 75 anos, em Miami, por complicações associadas a um câncer. O sepultamento ocorrerá no domingo (24), em Nova York. Ele deixa a esposa e uma filha. Rabino emérito da Congregação Israelita Paulista (CIP), destacou-se como uma "voz firme em defesa dos direitos humanos no Brasil". Segundo sua assessoria, ele não resistiu a complicações associadas a um câncer no pulmão.

Enriquecimento ilícito

A Justiça de São Paulo autorizou a quebra dos sigilos fiscal e bancário do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Ele é suspeito de enriquecimento ilícito. O pedido foi feito pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP). O MP abriu inquérito para investigar Salles em agosto, e tentava a quebra de sigilo bancário do ministro desde então. A investigação começou após a empresa SPPatrim Administração e Participações fazer uma representação apontando para a evolução do patrimônio do ministro.

Decisão polêmica

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com sede em Porto Alegre, libertar as pessoas que foram presas por terem sido condenadas em segunda instância. Isso porque o STF decidiu, no começo do mês, que a prisão só pode ocorrer depois do trânsito em julgado, ou seja, quando não é mais possível recorrer. Ainda não é possível saber o alcance da decisão de Cármen Lúcia.

Dilma defende polarização

Com a perspectiva de repetição do antagonismo visto na eleição de 2018 entre Jair Bolsonaro e Lula, agora solto, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou haver uma demonização da polarização política no país. O objetivo, segundo ela, é viabilizar o centro como única opção, uma vez que o centro político é a favor de uma economia liberal -- responsável pela desigualdade do país, na visão dela. 

Líderes

Thomaz Srougi não acha que o Brasil é um dos melhores lugares do mundo para empreender. Para o fundador do Dr. Consulta, os negócios da empresa enfrentam uma série de dificuldades no País - entre elas, encontrar talento. “É muito difícil achar talento no Brasil. Principalmente talento em exatas”, diz o empreendedor, citando como exemplo cargos de engenharia de software e ciência de dados como posições de difícil preenchimento na startup que ele criou.

Futuro incerto

Bastidores do Grêmio ficaram agitados depois da notícia de que Renato Gaúcho acertou a renovação de contrato e terá salário de R$ 1,5 milhão por mês, além de bônus por títulos. Porém, de acordo com duas fontes do Blog do Nicola, não existe qualquer acordo para a extensão do vínculo do treinador. Ninguém tem mais tempo no mesmo clube entre os participantes da Série A do Brasileiro quanto Renato Gaúcho no Tricolor gaúcho.

Leia também