O que você precisa saber para começar a terça-feira

Yahoo Notícias
Foto: Fabio Vieira/FotoRua/NurPhoto via Getty Images
Foto: Fabio Vieira/FotoRua/NurPhoto via Getty Images

Governo e prefeitura tentam amenizar caos instaurado em São Paulo pelas fortes chuvas, casos suspeitos de coronavírus caem no Brasil e Rodrigo Maia ironiza apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Confira o que você precisa saber para começar a terça-feira (10):

Chuvas castigam SP

O prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB) criou um gabinete de crise depois que as fortes chuvas provocaram um verdadeiro caos na capital paulista e na região metropolitana. No interior, o governo do Estado confirmou a morte de um caminhoneiro. O estrago foi tamanho que o comércio estima um prejuízo de R$ 110 milhões. De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a capital paulista registrou o segundo maior volume de chuva em 24 horas no mês de fevereiro dos últimos 77 anos.

Coranavírus

O número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil caiu para sete, segundo última atualização do Ministério da Saúde. O número de casos descartados aumentou para 32, sendo dois no Rio Grande do Sul, um no Rio de Janeiro e um em Santa Catarina. Os casos em investigação para a doença são em São Paulo (3), Rio Grande do Sul (1), Rio de Janeiro (1), Minas Gerais (1) e Paraná (1). Os descartados são de São Paulo (13), Rio Grande do Sul (8), Rio de Janeiro (3), Minas Gerais (1), Paraná (2), Santa Catarina (4) e Ceará (1).

Maia ironiza apoiadores do presidente

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira que tem "apanhado forte" nas redes sociais dos seguidores e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, a quem chamou de "bolsominions". Maia disse que os ataques são mais frequentes quando critica o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Morte de miliciano

O ex-capitão Adriano Magalhães da Nóbrega estava sendo monitorado na Bahia há mais de um mês. A Polícia Civil do Rio foi acionada pelo Ministério Público do estado para descobrir seu paradeiro e fazer uma operação para capturá-lo pouco antes de Natal do ano passado. A polícia sabia que ele passaria o Natal na Costa do Sauípe com a família. Ele foi morto em uma ação do Bope da Bahia, que mobilizou cerca de 70 agentes.

Derrota da diplomacia brasileira

O governo de Donald Trump publicou uma norma que retira o Brasil da lista de nações consideradas em desenvolvimento e que dava ao país determinados privilégios comerciais. Além do Brasil, foram afetados outros 18 países, como Argentina, Índia e Colômbia, que agora podem ser alvo dos EUA caso seja comprovado que eles subsidiam produtos acima de um determinado teto, por exemplo.

Neymar x Najila

A modelo Najila Trindade, que acusou Neymar de abuso sexual em 2019, irá acusar novamente o camisa 10 do Paris Saint-Germain. O motivo agora é que o atleta estaria patrocinando uma rede de prostituição, que levaria mulheres do Brasil à França para serem exploradas. O advogado da modelo, Cosme dos Santos, estaria reunindo as informações para entregar a acusação à Justiça francesa.

Leia também