O que você precisa saber para começar a quarta-feira

Foto: AP Photo/Eraldo Peres
Foto: AP Photo/Eraldo Peres

Governo federal vai abrir o bolso para reduzir fila de espera do INSS. Bolsonaro continua sua cruzada contra a imprensa e perícia confirma cerveja contaminada em Belo Horizonte. Na área internacional, imagens mostram que avião ucraniano derrubado no Irã foi atingido por dois mísseis em um intervalo de 30 segundos.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Confira o que você precisa saber para começar a quarta-feira (15):

Conta cara

O Ministério da Economia prevê que, após tomar medidas para reduzir a fila de espera por aposentadorias e pensões, devam ser desembolsados R$ 9,7 bilhões neste ano. O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) não tem conseguido responder aos pedidos dentro do prazo legal - 45 dias. A demora em uma resposta prejudica, por exemplo, idosos à espera da aposentadoria. Em média, 900 mil novos requerimentos entram por mês no INSS.

Bolsonaro segue atacando imprensa

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) respondeu uma matéria publicada no jornal O Globo, que apontava o ministro Augusto Heleno como responsável por convencer Bolsonaro a supostamente não demitir o também ministro Sérgio Moro. “Essa imprensa é uma vergonha. Lê meus pensamentos e ministros se convencem a não demitirem a si próprios”, escreveu o presidente, acompanhando a fala de uma longa risada.

Tensão no Oriente Médio

Imagens de uma câmera de segurança mostram que o avião ucraniano derrubado pelo Irã no último dia 8 foi atingido por dois mísseis disparados em um intervalo de 30 segundos. O jornal “New York Times” garante ter atestado a veracidade das imagens, que viralizaram na internet e foram veiculadas por outros canais televisivos. Todos os 176 ocupantes do avião morreram depois do ataque. No último sábado, após dias afirmando que a queda havia sido acidental, as autoridades iranianas admitiram que seus militares derrubaram sem intenção o voo 752 da Ukranian Airlines, que saiu de Teerã e tinha Kiev como destino.

Davos: sem Bolsonar, mas com Greta

O Fórum Econômico Mundial anunciou sua agenda. Em Genebra, organizadores do encontro anual de Davos adiantaram que o debate dos líderes mundiais terá o clima e os desafios para o planeta como uma de suas pautas. Apesar da magnitude do evento, o presidente Jair Bolsonaro cancelou sua participação. A ativista sueca Greta Thunberg, por sua vez, terá um debate especial para realizar uma exposição. Ela participará de uma discussão acerca de como o mundo pode “forjar um caminho sustentável”.

Cerveja contaminada

A perícia particular contratada pela Backer confirmou a presença do dietilenoglicol (DEG) nas amostras colhidas pela empresa. “Até o momento, todos os resultados batem com os divulgados pela Polícia Civil", informa Bruno Botelho, professor de departamento de química da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e especialista em controle de qualidade de cerveja. Ele trabalha a pedido da empresa, como informou a diretora de marketing Paula Lebbos.

Volante palmeirense perto do Barcelona

Matheus Fernandes está próximo de deixar o Palmeiras. O Barcelona subiu a proposta para cerca de 11 milhões de euros (R$ 49,5 milhões) e deve fechar a contratação do volante. A primeira proposta de seis milhões de euros havia sido recusada. O blog do Alexandre Praetzel já havia publicado anteriormente que o Palmeiras queria dez milhões de euros, pelo menos. Os valores mexeram com Matheus, que deseja a transferência.

Leia também