O que a Taça Rio pode valer para Botafogo e Vasco

A final da Taça Rio deste ano possui uma característica incomum: o torneio não tem nenhum valor esportivo. Com os finalistas - Vasco e Botafogo -, já classificados para a fase decisiva do Campeonato Carioca, a decisão do próximo domingo (16) perdeu a sua importância simbólica, mas não o espírito esportivo e até mesmo o lucro que o duelo pode render - o vencedor do turno ganha um incentivo de R$1 milhão.

Além do mais, para o Vasco, o título será ainda mais importante do que apenas a compensação financeira. A equipe cruzmaltina vê a Taça Rio e o Campeonato Carioca, como as suas únicas e reais possibilidades de título na temporada, uma vez que a chance de levantar o troféu no Campeonato Brasileiro é quase nula. 

Com um time ainda se adaptando ao estilo do novo técnico Milton Mendes, o Vasco pode ganhar ainda mais ritmo e confiança com o triunfo, mantendo de quebra, a sua invencibilidade com o novo treinador. 

VEJA TAMBÉM:
Bota tenta encerrar jejum contra o Vasco | Bota vence o Flu por 3 a 1 | Eurico comanda a festa no Vasco 

Pelo lado do Botafogo, o título pode não significar muita coisa, uma vez que o seu objetivo é a Copa Libertadores, e muito provavelmente, entrará em campo com um time misto. No entanto, além do fator financeiro, o triunfo também encerraria um jejum de quatro anos da equipe sem vencer o rival - a última vitória foi pelo Campeonato Brasileiro, em agosto de 2013. 

Luis Fabiano Vasco Botafogo Carli Carioca 23 03 2017

Agora, basta saber se a rivalidade que envolve esse clássico será capaz de sustentar a motivação para a decisão do próximo domingo (16), às 16h (horário de Brasília), ainda sem local definido.