O que Roger Machado valoriza no clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG

O clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG pouco interferirá na tabela de classificação da primeira fase do Campeonato Mineiro. Para Roger Machado, contudo, o jogo vale muito mais que a pontuação no torneio estadual.

O treinador do Galo crê que o mais importante, neste momento, é a possibilidade de aumentar moral e focar a continuidade da equipe nos jogos que terá em abril.

O comandante alvinegro enaltece, inclusive, a probabilidade de ganhar confiança no duelo contra o arquirrival no Mineirão, neste sábado (1º), às 16h (de Brasília).

"O que dá confiança de um clássico diferente é a continuidade do trabalho. Aquele [jogo da Primeira Liga] era o segundo jogo do ano. Era duro um treinador chegando em clube novo, vindo de pré-temporada e disputando o clássico depois de 20 dias", comentou.

"Agora, o momento é diferente, o entrosamento é diferente depois de 12 jogos, ainda mais mantendo a base. É a confiança de um clássico diferente a seu favor", acrescentou o técnico atleticano.

Roger Machado ainda fez a sua análise sobre o peso emocional de um resultado positivo no jogo diante do arquirrival. Ele garante que é fundamental medir força com o seu principal oponente neste momento da temporada:

Roger Machado Atlético-MG


(Foto: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG)

"Vencer o clássico, além da pontuação, tem um peso grande. É uma medida de força e o resultado é muito comentado, sobretudo pelo fator torcida, medir o potencial das equipes e a motivação da vitória sabemos como é em todos os lugares. Jogos que não conseguem vencer e esperamos jogo diferente ao nosso favor, podendo ser decidido da melhor forma possível. Quero que seja um clássico bem disputado e bem jogado", concluiu.