O que os odds escondem sobre St-Pierre Vs Bisping no UFC

Luis Fernando Coutinho
A superluta entre Georges Saint-Pierre e Michael Bisping ainda não tem data e nem local para acontecer pelo UFC. Mas ela já tem odds para quem tiver pressa na hora de apostar. O confronto que vale o cinturão dos médios já teve suas primeiras cotações divulgadas, e apesar de eu concordar com o favoritismo de GSP, acho que a disparidade entre os odds apresentados não condiz com o que devemos esperar da luta. Segundo o Bodog, a vitória de Saint-Pierre rende R$ 1,58 a cada R$ 1 investido. É um rendimento de 58%.

A superluta entre Georges Saint-Pierre e Michael Bisping ainda não tem data e nem local para acontecer pelo UFC. Mas ela já tem odds para quem tiver pressa na hora de apostar. O confronto que vale o cinturão dos médios já teve suas primeiras cotações divulgadas, e apesar de eu concordar com o favoritismo de GSP, acho que a disparidade entre os odds apresentados não condiz com o que devemos esperar da luta.

Segundo o Bodog, a vitória de Saint-Pierre rende R$ 1,58 a cada R$ 1 investido. É um rendimento de 58%. Já quem acreditar no triunfo do atual campeão dos médios, vai receber R$ 2,40 a cada R$ 1 apostado. É um lucro de 140%. Quem vê esses odds acha que o triunfo de Bisping seria uma grande zebra. Mas não é bem assim.

Embora concorde com o favoritismo de Saint-Pierre, acho que os números poderiam ser um pouco mais apertados. A diferença entre o lucro oferecido para o triunfo de St-Pierre e aquele divulgado para a vitória de Bisping é de 82%. Isso caberia melhor em um duelo um pouco mais fácil de se decifrar. São muitas as questões que devem ser colocadas à mesa. Na minha opinião, a superluta será muito mais parelha do que se imagina.

A maior incógnita relacionada ao confronto é o peso que a falta de ritmo de luta terá na apresentação de Georges. O astro canadense está sem lutar desde novembro de 2013. São mais de três anos sem fazer uma luta oficial no octógono. É claro que ele é inteligente e vai trabalhar essa dificuldade da melhor maneira. Mas ainda assim é difícil prever. Concordo com o favoritismo dele pelas armas que tem e a experiência para fazer lutas de cinco rounds. Por outro lado, Bisping tem surpreendido a cada luta. É menos lutador do que GSP, mas vem de uma sequência incrível. Ele venceu Anderson Silva, nocauteou Luke Rockhold e superou Dan Henderson. Três grandes vitórias que comprovam sua evolução. Isso sem contar que ele está mais ativo no MMA, é muito maior do que Georges e está mais acostumado ao peso-médio. Isso deve ser levado em consideração.

Vale lembrar que tais odds podem ser atualizados até a semana da luta. Muita coisa influencia nesses números. Por exemplo: se a luta acontecer no Canadá ou na Inglaterra os odds podem ser ajustados a favor do dono da casa. A promoção e a postura dos atletas durante os treinos também tem seu peso. 

Se nada de espetacular acontecer até a realização do combate, vou apostar meu dinheiro em St-Pierre. Mas não nos deixemos enganar. Os odds dessa luta anunciam um favoritismo que está longe de ser desse tamanho. A superluta entre GSP e Bisping tem tudo para ser histórica, cheia de emoções e – porque não – surpresas.

Clique aqui para apostar no UFC