O que as lojas oficiais do Flamengo têm feito para driblar a pandemia

Lazlo Dalfovo
LANCE!


Enquanto a bola segue sem rolar e as indefinições quanto à normalidade do comércio permanecem, empresas têm se virado como podem para amenizar os prejuízos. Um exemplo está nas lojas oficiais do Flamengo, fechadas por todo o Brasil desde o dia 17 de março - por conta da pandemia do novo coronavírus, seguindo orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Desde a última quinta-feira, lojistas franqueados iniciaram o movimento pelas vendas virtuais através do WhatsApp, em contato direto junto a clientes cadastrados, com alguns descontos para sócios-torcedores. Por mais detalhes, o LANCE! conversou com Marcelo Plaisant, diretor da MF Gestão - empresa responsável pelo licenciamento de lojas oficiais do Flamengo.

- O que estamos enfrentando não é exclusivo das lojas do Flamengo. O mercado todo de varejo no Brasil e no mundo está buscando alternativas para se adaptar ao fato de estar tudo fechado. Temos 86 lojas fechadas, mas entendemos que a saúde das pessoas deve vir em primeiro lugar. Por isso nos cabe aguardar e torcer para que tudo volte ao normal o quanto antes - contou Plaisant, por telefone, detalhando a estratégia do atual modelo de vendas:

- Neste momento, a estratégia tem sido venda pelo WhatsApp. Lojistas e funcionários estão entrando em contato direto com clientes cadastrados e oferecendo produtos e novidades, como o lançamento do Anuário e, agora, o álcool em gel personalizado do Flamengo. Quem comprar estará ajudando o clube a doar, pois a empresa licenciada está doando 200 mil, que saem dos royalties que seriam esperados do Flamengo, que está abrindo mão, receber.





Catálogo Flamengo
Catálogo Flamengo
Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Exemplo de catálogo de um lojista da Espaço Rubro-Negro (Foto: Reprodução)

Como antes, as vendas também seguem nos sites da Loja Espaço Rubro-Negro e Nação Rubro-Negra - que, em quantidade, aumentaram 40% de 2018 para o ano passado. Uma novidade recente, conforme já citado por Marcelo Plaisant, é a venda do álcool em gel personalizado - cujos modelos menores estarão à disposição em breve. Além disso, máscaras estilizadas serão confeccionadas:

- O pote de 500ml já está à venda. Agora virão as bisnaguinhas de 65, 125 e 250 (ml), bem legais, para o início de maio. Sobre as máscaras, o Flamengo liberou que produzíssemos... Os lojistas não produzem, mas estão à procura de pequenos empresários que queiram vender paras as lojas. Achei bem positiva essa atitude do Flamengo, até para combater a pirataria, além de dar a oportunidade de mais pessoas ganharem um dinheirinho neste momento difícil - finalizou o empresário.

PARA MOTIVAR OS LOJISTAS

No último domingo, o Flamengo lançou a nova camisa de goleiro, cujo preço é de R$ 249,99 e está disponível a partir desta quarta-feira. Já no início de maio, o uniforme reserva de jogo (branco) também será revelado, justamente visando fortalecer o fluxo de venda para os comerciantes.




Camisa Flamengo Diego Alves
Camisa Flamengo Diego Alves

Diego Alves foi o modelo da nova camisa de goleiro (Foto: Divulgação)

Cabe destacar ainda que, por conta própria, funcionários das lojas do Flamengo têm produzido catálogos com os produtos e respectivos preços, apresentados em documentos (como PDF). A entrega tem sido feito através de acordos individuais - como o serviço de transporte e taxa do frete, que, em alguns casos, é grátis a partir de R$ 200 em compras.


Leia também