O que há de verdade em Róger Guedes no Flamengo

Yahoo Esportes
Róger Guedes tem convite para se naturalizar chinês (Getty Images)
Róger Guedes tem convite para se naturalizar chinês (Getty Images)

Além do futuro de Gabigol, há outra dúvida que passou a pairar na cabeça do torcedor do Flamengo nos últimos dias: qual a chance de Róger Guedes ser contratado. De acordo com uma fonte do Blog no Rubro-Negro, essa possibilidade é bem próxima de zero.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Esse jogador é apenas médio, com muitos altos e baixos na carreira”, avalia o flamenguista, para acrescentar: “E ele ainda tem problemas fora de campo”.

Leia também:

Enquanto defendeu Palmeiras e Atlético-MG, os últimos clubes no Brasil antes da transferência para o Shandong Luneng, Róger Guedes, de 23 anos, de fato causou longe das quatro linhas. O atacante chegou a ser alvo de um trote de praticamente todos os colegas de Palmeiras, diante das câmeras, por causa de seu comportamento fora do padrão.

A recusa do Flamengo em relação a Róger Guedes também tem outros dois fatores: o tático e o financeiro. Velocista e bom driblador, ele chegaria para o setor mais concorrido do elenco, que já conta com Bruno Henrique, Éverton Ribeiro, Vitinho, Berrío, Lucas Silva e até Gabigol.

Já em relação às finanças, a contratação de Róger Guedes seria extremamente arriscada. Tudo por causa de seu salário, na casa de R$ 1,5 milhão por mês - ele ganha R$ 250 mil mensais a mais, por exemplo, do que Gabigol, o dono do maior salário no elenco rubro-negro.

Contratado na metade do ano passado por 9,5 milhões de euros, Róger Guedes vive seu melhor momento na China - ele enfim tem jogado com mais frequência, beneficiado pelo aumento no número de estrangeiros permitidos em campo. Eram três e agora são quatro. No ano, são 21 jogos e dez gols.

E mais: recentemente, de acordo com uma pessoa próxima a Róger Guedes, ele foi cogitado para se naturalizar chinês. A ideia é utilizá-lo na seleção que tentará classificação para a próxima Copa do Mundo. De quebra, o brasileiro ainda deixaria de ocupar vaga de estrangeiro no campeonato local. Sua recompensa: o salário anual saltaria de 4 milhões de euros para 11 milhões de euros, ou algo na casa dos R$ 4,2 milhões por mês.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também