O que há de verdade em Luan no Palmeiras

Yahoo Esportes
Luan já havia sido oferecido ao Verdão em dezembro (Lucas Uebel/Grêmio)
Luan já havia sido oferecido ao Verdão em dezembro (Lucas Uebel/Grêmio)

Nas redes sociais, dezenas de palmeirenses compartilharam nos últimos dias notícias de que o atacante Luan, do Grêmio, pode ser contratado nos próximos dias. O Blog procurou um dirigente alviverde e ouviu que essa possibilidade não existe.

“Posso garantir que nem chegamos a cogitar o nome do Luan nesse momento”, assegura o cartola do Palmeiras, lembrando que o gremista acabou avaliado no fim do ano passado. “Em dezembro, um empresário chegou a nos procurar para dizer que o Luan não ficaria no Grêmio.”

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Na oportunidade, o Verdão quis entender as condições do negócio. Mas, a pedida do Tricolor gaúcho inviabilizou qualquer possibilidade de acerto. É que o presidente Romildo Bolzan exigiu Raphael Veiga, Thiago Santos e Victor Luís, além de 5 milhões de euros.

Já o presidente Maurício Galiotte e o diretor-executivo de futebol, Alexandre Mattos, consideraram a proposta gremista completamente fora da realidade e nem sequer responderam, dando as conversas por encerradas.

Em baixa no Grêmio, depois de ser afastado para adquirir uma melhor condição física e técnica, Luan passou a ser encarado como menos atraente pelo Palmeiras depois da confirmação da chegada de Ricardo Goulart, adquirido por empréstimo até dezembro. Na visão alviverde, os dois atuam na mesma parte do campo.

Luan terminou a temporada de 2017 em grande fase, tendo sido decisivo na conquista da Libertadores pelo Grêmio. Já no ano passado, além de dores na planta de um dos pés, o atacante também foi cornetado internamente por não se dedicar aos treinos com a mesma intensidade da temporada anterior.

Um dos motivos poderia ser o excesso de noitadas. A informação teria chegado até ao técnico Tite, que contou a amigos que não considerava a ideia de convocá-lo exatamente por causa dos abusos.

Veja mais no Blog do Jorge Nicola

Mais no Yahoo Esportes:

Leia também