O que disse Douglas Costa em sua apresentação oficial no Grêmio

·2 minuto de leitura


Contratação de maior expectativa na temporada, Douglas Costa foi apresentado em caráter oficial na tarde dessa quarta-feira (26) no formato tradicional de entrevista coletiva onde também estavam presentes o presidente Romildo Bolzan e o vice, Marcos Herrmann.

>Vai começar o Brasileirão! Veja a tabela e simule os resultados

Como esperado, logo no início o jogador hoje com 30 anos de idade não poupou palavras para expressar o sentimento de felicidade em poder retornar a equipe que surgiu para o futebol profissional e da qual é torcedor confesso:

- Sensação incrível passar 12 anos fora. Eu sempre carreguei o Grêmio comigo. Volto ao clube que me projetou, que me deu tudo. Poder devolver tudo isso, é o que trabalho no dia a dia. Realizo mais um sonho na minha vida. O Grêmio sempre me quis e eu o Grêmio. Alinhamos tudo isso de uma maneira bem positiva. Muito feliz de estar aqui.

O sentimento de nostalgia chegou, inclusive, a tomar conta do atleta ao falar sobre a diferença de panorama que vive na sua carreira onde, se no princípio havia um forte tom de incerteza, agora a sensação é de muito contentamento por ser encarado como referência aos nomes também formados no Cristal.

- Quando comecei no Grêmio, era tudo sonho. Quando você volta, vê as portas estão escancaradas, faz um filme na cabeça. Todas caminhadas que fiz, pegar ônibus, ir para o Olímpico. Era tudo incerto. Ontem tive o primeiro contato com o pessoal. Tem muitos guris de qualidade, o Jean, Ferreira, Gui, rapaziada que tem um futuro absurdo e promissor. Vi o quanto eles estavam alegres em me verem ali, sair de onde eles saíram, chegar num patamar absurdo. E eles verem agora que é palpável, é um exemplo que está aqui a ser seguido. Um exemplo que somará muito.

Questionado sobre o esforço no sentido financeiro para se adequar a realidade do futebol nacional, Douglas preferiu não dar ênfase no tema:

- Não fico mensurando perdas, acredito que aqui vou ganhar muito. Não estou abrindo mão. Estou conseguindo ter a criação dos meus filhos. O resto fica para trás, o que vivi na Europa. Agora é focar no Grêmio e chegar no ápice da minha forma física.

Por fim, Douglas Costa deu também um panorama mais específico de como está o seu condicionamento físico e em qual estágio está o tratamento da sua lesão na região do metatarso. Tratando de antecipar, inclusive, que prefere não estabelecer um prazo específico para estar em condições de estrear.

- Tive uma lesão não muscular, mas uma fissura. Já voltei a treinar no Bayern. Agora é alinhar. Não tem prazo. É quando eu me sentir confortável e o departamento aqui também. Já começamos o treinamento especial para estar dentro de campo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos