O que de melhor aconteceu na rodada europeia de fim de semana

Felipe Portes
Foto: AP/Francisco Seco

O Campeonato Espanhol chegou a um ponto crítico. Com tropeços dos dois líderes, a emoção ganhou o fim de semana na batalha entre Real Madrid e Barcelona. Na Alemanha, uma goleada do Bayern desmoralizou o Borussia Dortmund e voltou a ficar forte na disputa. Esses e outros destaques você acompanha no nosso resumão da rodada europeia.

Alemanha: O mesmo corte de sempre

Robben aprontou de novo. Ele fez o gol clássico que marca a sua carreira: um corte feroz para a esquerda e um chutaço no alto da meta. Com esta ajuda, o Bayern venceu o Borussia Dortmund por 4-1 no sábado e manteve a vantagem de 10 pontos na liderança. Em casa, os bávaros não deram chance aos aurinegros, em uma atuação superior e eficiente.

Já o RB Leipzig, que vem logo atrás, também fez sua parte e venceu na rodada. Em casa, bateu o Leverkusen por 1-0 e se aproximou do objetivo de se classificar para a Liga dos Campeões de forma direta. A coisa segue embolada no G4 porque mesmo perdendo, o Hoffenheim continua à frente do Dortmund na tabela.

Após 28 rodadas, os quatro primeiros times do Alemão são: Bayern, com 68, Leipzig com 58, Hoffenheim com 51 e Dortmund com 50.

Espanha: Drama total

Com um jogo a menos que os demais, o Real Madrid vive um drama. Líder e pressionado por Barcelona e Atlético de Madrid, os merengues só empataram no clássico madrilenho no sábado. O placar de 1-1 contra o Atlético poderia ter custado caríssimo, mas a sorte sorriu para Zinedine Zidane e seus comandados. O Barcelona, que jogava com o Málaga logo depois, perdeu por 2-0 em um resultado chocante.

Poderia ter sido trágico o fim de semana para o Real, mas o Málaga salvou os líderes de perder a posição em um momento crucial. Pior para o Barça, que vinha em boa fase, mas escorregou e não fez uma grande partida diante dos boquerones. A tabela segue equilibrada no topo do Espanhol.

Após 31 rodadas, o Real Madrid lidera com 72 pontos, o Barcelona segue com 69, o Atlético tem 62 e o Sevilla vem fechando o G4 com 61.

França: Um placar magro que enche a barriga

O Monaco estava convivendo com o medo de ser ultrapassado pelo Paris Saint-Germain na tabela do Francês. Após uma vitória difícil por 1-0 contra o Angers, a equipe monegasca fez sua parte para continuar vivendo o sonho do título.

O PSG não fez por menos, e na tarde de domingo atropelou o Guingamp pelo placar de 4-0. Os dois ataques seguem castigando as defesas da Liga em busca do título. E depois do duro golpe na final da Copa da Liga, o Monaco só pensa em se vingar dos parisienses.

Após a 32ª rodada, o Monaco segue liderando com 74 pontos, seguido do PSG com 71, do Nice com 70 e do Lyon, que vem com 54 e está se classificando para a Liga Europa.

Inglaterra: Lição de casa

O Chelsea deu mais um passo rumo ao título. Restando sete jogos para o fim, os Blues venceram o Bournemouth por 3-1, fora de casa, segurando a vantagem que ostenta em relação ao Tottenham. A briga deve acabar logo, mas o futebol dos Spurs foi incrível.

Em casa, com festa da torcida, o Tottenham bateu o Watford por 4-0, sem chance para reação. Além do segundo colocado, o Liverpool também venceu. No sufoco, os Reds derrotaram o Stoke por 2-1, fora de casa. A dificuldade não impediu o time de Jürgen Klopp de somar mais três pontos cruciais para a classificação para a Liga dos Campeões. O Manchester City, quarto colocado, passou pelo Hull no Etihad Stadium com uma vitória por 2-1.

Desta maneira, o G4 da Inglaterra é este: Chelsea com 75, Tottenham com 68, Liverpool com 63 e Manchester City com 61.

Itália: Mais perto do título

 

A Juventus remou para muito perto da taça, a sexta seguida na Serie A. Em casa, com tranquilidade, a Velha Senhora venceu o Chievo por 2-0 e está a um tropeço da Roma de disparar de vez e ficar com o título. Mas não foi o que aconteceu nesta semana.

Contra o Bologna, fora de casa, a Roma jogou com autoridade e fez 3-0 na equipe mandante, preservando a distância de seis pontos para os líderes. No confronto direto entre o terceiro e o quarto colocado, o Napoli atropelou a Lazio em pleno Olímpico, conseguindo um imponente 3-0 na capital italiana. A briga pela segunda posição e a vaga direta na Liga dos Campeões continua aberta.

Após 31 rodadas, a Juventus lidera com 77, a Roma vem em segundo com 71, o Napoli logo atrás com 67 e a Lazio fecha o G4 com 60, classificando para a Liga Europa.