O que de melhor aconteceu na rodada europeia de fim de semana

Foto: AP

O Real Madrid conseguiu retomar a liderança em uma luta complicada com o Barcelona no Espanhol. A vitória dos madridistas contra o Betis em casa foi crucial em um momento de tropeço do Barça contra o La Coruña. Este foi o grande destaque das Ligas europeias no fim de semana, mas não ficamos restritos a isso para o nosso resumo semanal. Houve muito mais.

Alemanha: Melhor para o Bayern

Na Alemanha, as coisas estão cada vez mais definidas. O Bayern é o líder e abriu dez pontos de vantagem para o RB Leipzig. Com a vitória diante do Frankfurt (3-0), em casa, a equipe bávara se beneficiou do tropeço dos taurinos (1-0) contra o Wolfsburg na tarde de sábado. Um resultado que será lamentado demais pelo pessoal em Leipzig.

Ao menos o RB não viu o Borussia Dortmund chegar mais perto de roubar seu posto. Os aurinegros perderam para o Hertha no sábado, por 2-1 e frustraram quem esperava mais uma grande atuação na Bundesliga. Diante do melhor mandante do campeonato, em Berlim, o ataque poderoso dos meninos de Thomas Tuchel não foi o suficiente para furar a defesa berlinense.

Agora, após 24 rodadas, o G4 do Alemão é este aqui: Bayern com 59, Leipzig com 49, Dortmund com 43, Hoffenheim com 42.

Espanha: Sergio Ramos, sempre ele

Não é que o zagueiro resolveu de novo as coisas para o Real Madrid? Com um gol aos 35 da segunda etapa, o capitão madridista virou um jogo que se pintou mais complicado para os mandantes no Santiago Bernabéu, diante do Betis. Melhor ainda para eles que o resultado (2-1) significou voltar à liderança do Espanhol, com um jogo a menos. Agora sim tudo voltou ao normal para Zinedine Zidane e seus meninos.

O Barcelona, que prometia demais depois da goleada imposta ao PSG no meio da semana, tropeçou no Deportivo La Coruña e acabou derrotado no Riazor, por 2-1. Os galegos saíram na frente, o Barça até empatou, mas não foi capaz de conter o ímpeto dos mandantes. A rodada também foi decepcionante para o Sevilla, que só empatou em casa com o Alavés. Já o Atlético de Madrid, que se interessa por tropeços lá em cima, bateu o Granada por 1-0 longe de casa e comemorou.

Após 27 rodadas, o G4 na Espanha é este: Real Madrid com 62, Barcelona com 60, Sevilla com 57 e Atlético com 52.

França: Briga de gente grande

Pelo menos por agora, os dois gigantes na luta pelo Francês tomaram distância. O Monaco bateu o Bordeaux por 2-1 em casa e manteve a vantagem na ponta, mesmo com o triunfo do Paris Saint-Germain sobre o Lorient (2-1, fora) na tarde de domingo. Ainda é cedo para dizer que a disputa se encerrou, mesmo porque, são apenas três pontos de diferença entre eles. Tudo pode mudar em uma ou duas jornadas.

Fato é que o Monaco leva vantagem por ter o melhor ataque da competição, com 84 marcados em apenas 29 jogos. O PSG vai ter de remar muito se quiser reverter essa situação e conquistar seu quinto título seguido. Enquanto isso, ali de trás, o Nice tropeçou mais uma vez e se distanciou, empatando em casa com o Caen. Mesmo dando show, o Lyon ainda está bem longe. Os Gones atropelaram o Toulouse com 4-0 no placar e estão na quarta posição, com 13 pontos a menos que o Nice.

A tabela do Francesão após 29 rodadas é esta: Monaco com 68, PSG com 65, Nice com 63 e Lyon com 50.

Inglaterra: Sem zebras na Copa da Inglaterra

Não teve zebra nas quartas de final da Copa da Inglaterra. Com competência, os grandes que sobraram no torneio fizeram sua parte e se classificaram para as semifinais. Três dos quatro jogos da fase foram disputados no fim de semana e resta apenas Chelsea e Manchester United para definir a última vaga.

O Arsenal passou por cima do Lincoln City por 5-0 e pelo menos mostrou alguma reação depois de ser amassado pelo Bayern na Liga dos Campeões. O Manchester City teve dificuldade, mas eliminou o Middlesbrough em um duelo de nível Premier League. Já o Tottenham, ah, o Tottenham. Em um clássico londrino contra o Millwall, que está na terceira divisão, os Spurs fizeram 6-0 no placar e encantaram a torcida. Um jogo inesquecível.

A Federação Inglesa aguarda o vencedor de Chelsea x Manchester United para fazer o sorteio dos jogos de semifinal. Agora só vai ter cachorro grande brigando pelo título.

Itália: No limite, mas com moral

Na sexta-feira, a Juventus venceu o Milan com muito sufoco, de virada, graças a um pênalti nos acréscimos. A vitória por 2-1 serviu para segurar a enorme vantagem na liderança e um retrospecto de não perder pontos em casa desde agosto de 2015. É muita coisa.

A Roma, que vem atrás, escalou um mistão contra o Palermo e mesmo assim venceu por 3-0 na Sicília, uma prova de que o seu ataque ainda funciona. O Napoli, terceiro colocado, surrou o Crotone em casa e com 82% de posse de bola, fez 3-0 no adversário. Mas tudo isso ficou em segundo plano com o jogaço que a Internazionale fez em Milão. Disposta a humilhar a Atalanta, a equipe nerazzurra fez 7-1 e ganhou muita moral para a sequência da Serie A. O triunfo devolveu os interistas ao quarto lugar na tabela, de olho na Liga Europa.

Após 28 rodadas, a Juventus tem 70 pontos, a Roma soma 62, o Napoli tem 60 e a Inter fica com 54. A Lazio, que ocupa o quinto lugar, joga na segunda-feira contra o Torino.