'O projeto, a estrutura e a equipe', diz Natan sobre atrativos em chegada ao Bragantino

Futebol Latino
·2 minuto de leitura


No site oficial do Bragantino, o zagueiro Natan concedeu a sua primeira entrevista após a conclusão do empréstimo onde o defensor chegou proveniente do Flamengo com vínculo até o fim de 2021. E, para promover a interação do atleta com o torcedor, os sócios-torcedores do clube receberam a oportunidade de fazer perguntas diretas a serem respondidas pelo defensor.

>Classificação do Braga até a paralisação do Campeonato Paulista

Questionado sobre quais os elementos que pesaram para ele aceitar a ideia de sair do futebol carioca para ter a experiência de atuar no Massa Bruta, Natan pontuou que tanto o aspecto estrutural como também a filosofia de ter um elenco priorizando jogadores mais jovens:

- O projeto, a estrutura e a equipe, com jogadores jovens, dispostos a ter uma carreira brilhante pela frente, assim como eu, foram as coisas que me motivaram a escolher este clube, que é um dos melhores dentro do Brasil – e em breve do mundo – para progredir.

- Eu vim para o Red Bull Bragantino pelo grande projeto que me mostraram. Um clube que está em evolução e eu espero ajudar e progredir com a equipe. E sobre a cidade de Bragança, eu gostei, é uma cidade bastante calma e eu já estou acostumado porque, mesmo vindo do Rio, já morei no Espírito Santo, que tem cidades parecidas. É uma cidade bastante calma e pretendo ficar muitos anos aqui - acrescentou.

Outros pontos abordados pelo jogador de 20 anos de idade foram as suas características como atleta e quais as suas projeções para a disputa da Copa Sul-Americana em fato que não ocorria para o Bragantino há 25 anos.

- Eu me considero um zagueiro bastante rápido, técnico, bom de cobertura e com passe bom. Sou um jogador que estou disposto a ouvir, o treinador e meus companheiros, e a ajuda-los, tanto dentro como fora de campo - disse Natan, encerrando:

- Minha expectativa é a melhor possível. Tanto eu como o grupo estamos bastante motivados para disputar essa Sul-Americana. Tenho certeza que podemos fazer uma ótima campanha e, se Deus quiser, sairmos campeões!