'O Neymar devia se poupar um pouquinho no campeonato francês', diz Luiz Carlos Jr.

LANCE!
·2 minuto de leitura


Durante o podcast "A Mesa", de André Rizek e Paulo Vinícius Coelho, o narrador Luiz Carlos Jr afirmou que o atacante Neymar deveria se poupar em jogos contra times "menores" no campeonato francês para não correr o risco de se lesionar e perder momentos importantes pelo PSG. A opinião veio enquanto avaliavam se Mbappé e Haaland são os sucessores de Messi e Cristiano Ronaldo, ou se o brasileiro ainda pode roubar a cena.

> Confira a tabela atualizada da Liga dos Campeões e simule os resultados

- O Neymar vive machucado nesses momentos decisivos que é impressionante. Eu tenho uma tese de que o Neymar, eu já defendi isso inclusive no Seleção com você, o Neymar as vezes devia se poupar um pouquinho. Quando eu digo se poupar não é jogar “meia boca” o campeonato francês, mas evitar uns confrontos - disse o narrador.

- Por exemplo, ele entra ele dribla de mais, ele dribla de costas, ele de certa forma ele “humilha”, entre aspas, os adversários jogando contra times menores na França. Se machuca e perdes jogos importantes que pro PSG, ok esse ano tá atrás no campeonato francês, mas o projeto do PSG é a Liga dos Campeões, né? E frequentemente o PSG perde o Neymar em momentos importantes - completou Luiz Carlos Jr.

O narrador também disse que a "era" de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo está acabando, mesmo com os bons números dos atletas nas competições nacionais.

- Essa situação que você citou envolvendo Messi e Cristiano Ronaldo [ausências dos dois das quartas de final da Liga dos Campeões], me parece irreversível. Eles não terão nos próximos anos o protagonismo avassalador que tiveram na última década. São jogadores que já passaram dos trinta. Eu narrei outro dia a Juventus jogando e o Cristiano Ronaldo fez três gols só que, eu acho, que tanto Messi quanto Cristiano vão precisar cada vez mais dos coadjuvantes - explicou o narrador.

O PSG de Mbappé e Neymar enfrentará o Bayern de Munique nas quartas de final da Liga dos Campeões. Já o Borussia Dortmund de Haaland pegará o Manchester City.