O Fla-Flu se repetiu, mas o Carioca... Veja o que mudou e as lembranças que a edição de 2021 deixará

·7 minuto de leitura


O Campeonato Carioca de 2021 foi decidido entre Flamengo e Fluminense pelo segundo ano consecutivo. E, mais uma vez, o Flamengo saiu campeão. Neste sábado, o Rubro-Negro derrotou o Tricolor por 3 a 1 e levou seu terceiro título consecutivo do estadual.

Contudo, os torcedores tiveram que se adaptar a uma série de novidades desde o início da competição. O LANCE! detalha, passo a passo, o que aconteceu quando a bola rolou em janeiro.

SELETIVA COM DISPUTA MAIS 'AFUNILADA'

Nova Iguaçu x Cabofriense
Nova Iguaçu x Cabofriense

Nova Iguaçu garantiu a única vaga da Seletiva (Foto: LÉO BORGES)

Os clubes tiveram de se adaptar ao novo regulamento desde o início da competição. Como a fase principal do Carioca passou a ser disputada em pontos corridos, os seis clubes tiveram que se digladiar por uma só vaga.

A disputa travada ponto a ponto culminou na classificação do Nova Iguaçu. Em duelo na última rodada, o Laranjão arrancou aos 51 minutos do segundo tempo o empate em 1 a 1 com a Cabofriense e ficou na liderança, com 23 pontos, dois a mais que o Tricolor Praiano. O time da Baixada se juntou aos outros 11 clubes nas fases principais do Estadual.

Outro detalhe foi a mudança da transmissão: a Federação selou acordo para que as partidas fossem exibidas na plataforma MyCujoo, com formato de pay-per-view. Este foi o último ano da Seletiva, uma vez que o Carioca passará a ter uma nova divisão.

A Série A2 abrangerá o clube rebaixado do Carioca, os que não classificaram na Seletiva de 2021 e os clubes que se mantiveram na Segundona de 2020.

Flamengo - Campeão da Taça Guanabara 2021
Flamengo - Campeão da Taça Guanabara 2021

Flamengo colocou mais um troféu em sua lista (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

O formato de pontos corridos também foi adotado na Taça Guanabara. Em vez da divisão em dois grupos, houve 11 rodadas. O Flamengo se tornou campeão da competição por vencer o Volta Redonda por 2 a 1 no Maracanã e alcançar os 23 pontos, um a mais do que o Fluminense.

Melhores colocados, rubro-negros e tricolores tiveram a vantagem de dois resultados iguais contra seus respectivos adversários nas semifinais.

'SENSAÇÕES' DA COMPETIÇÃO

Redonda / Portuguesa
Redonda / Portuguesa

Voltaço e Lusinha desbancaram favoritos (Montagem LANCE!)

A edição de 2021 do Carioca trouxe gratas surpresas para os torcedores. Duas equipes de menor investimento ganharam projeção no futebol estadual e "desbancaram" os tradicionais Botafogo e Vasco.

A Portuguesa do goleiro Neguete e dos atacantes Chay e Jhulliam obteve a terceira colocação na Taça Guanabara sem ser derrotada para nenhum time de ponta do Rio de Janeiro. Nos seus dois primeiros jogos no Estadual, a Lusinha bateu o Vasco e goleou o Fluminense. Depois, empatou com Botafogo e Flamengo.


A equipe comandada por Felipe Surian ainda arrancou um empate em 1 a 1 no jogo de ida da semifinal com o Fluminense. Contudo, após uma etapa inicial acirrada no jogo de volta, foi derrotada por 3 a 1 para os tricolores.

O Voltaço, por sua vez, abriu espaço para Alef Manga, atacante com forte poderio ofensivo e que estufou as redes nove vezes. Além disto, teve em seu elenco o atacante João Carlos e nomes como Bruno Barra e Luciano Naninho.

Na Taça Guanabara, a equipe também levou a melhor sobre Vasco e Fluminense e arrancou um empate no duelo com o Botafogo. Só foi parar diante da força do Flamengo, tanto no jogo da Taça GB quanto nos dois confrontos nas semifinais, quando sofreu duas goleadas.

TAÇA RIO VIRA TORNEIO ALTERNATIVO

Botafogo x Vasco
Botafogo x Vasco

Vasco e Botafogo, com campanhas abaixo do esperado, disputam Taça Rio como título de consolação (Vítor Silva/Botafogo)

Criada em 1982 para ser o segundo turno do Campeonato Carioca, a competição ficou sem nexo na edição de 2021. Tratou-se de um torneio "paralelo", disputado entre o quinto e o oitavo colocado, com direito a semifinais e finais (em dois jogos cada fase).

Devido às campanhas abaixo do esperado, Vasco e Botafogo fizeram parte desta competição e chegaram à final ao superarem Madureira e Nova Iguaçu, respectivamente. Outra situação inusitada é em relação à premiação: está previsto que o vencedor da Taça Rio receba R$ 1 milhão (mesma quantia do vice-campeão carioca e metade do que receberam Portuguesa e Volta Redonda, que foram eliminados nas semifinais).

MUDANÇA NA TV ABERTA E... NOVOS HORÁRIOS

Carioca Record TV
Carioca Record TV

Transmissão da Record mudou hábitos (Divulgação/Record)

O torcedor também mudou de canal e de hábitos para acompanhar os jogos da competição. Depois de um longo tempo na Rede Globo, a Record TV adquiriu os direitos de transmissão em TV aberta.

As partidas passaram a ganhar espaço na emissora nos horários de terça-feira, às 21h30, e de sábado, às 21h05. Os dois jogos da decisão também foram exibidos no sábado à noite.


Outra faixa de horário no qual a Record abriu espaço para o futebol foi a das manhãs de domingo. Às 11h05, entraram em cena confrontos do Estadual, como o Botafogo e Vasco, pela final da Taça Rio.

No entanto, a audiência não foi tão boa na fase de grupos da competição em relação às edições anteriores. O jogo de ida da final entre Flamengo e Fluminense trouxe índices bem mais atraentes para a emissora.

A Record ainda chamou atenção por não exibir as partidas da competição para todas as suas afiliadas.

PAY-PER-VIEW E BRECHA PARA NOVAS PLATAFORMAS

Volta Redonda x Flamengo - Pedro
Volta Redonda x Flamengo - Pedro

Além do PPV do Estadual, rubro-negros viram os jogos na FlaTV+ (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O acordo de direitos de transmissão do Carioca, conduzido pela agência Sportsview, abriu caminhos também para muitas mudanças no pay-per-view. Além de uma equipe própria, a transmissão dos jogos na TV fechada abriu espaço para todos os jogos do Estadual (incluindo os confrontos que eram realizados equipes de menor investimento).

Na reta final da Taça Guanabara, a Ferj selou acordo para transmitir partidas na plataforma TikTok. Cada clube teve aval para criarem suas próprias plataformas de streaming. Entretanto, houve problemas de conexão, caso da FlaTV+. As equipes de menor investimento se juntaram e fizeram a Cariocão TV.

Além do horário matutino, houve jogos às 15h05, 18h30 e 21h35.

VALORES INFERIORES E... HAVERÁ PREMIAÇÃO?

Arbitral Carioca 2021
Arbitral Carioca 2021

Valores da TV aberta foram inferiores (Ivan Paulo / Agência FERJ)

O "novo" Campeonato Carioca causou controvérsia entre os clubes. De acordo com o Blog do Rodrigo Mattos, a Ferj confirmou que, devido à mudança de valores nos modelos de transmissões, não haverá dinheiro para destinar a premiação dos clubes.

> Flamengo e Fluminense acumulam prejuízos milionários no Estadual

A Record pagou R$ 11 milhões pela exibição em TV aberta, e R$ 3 milhões seriam repassados para os clubes. O restante da quantia ficaria destinado à produção de imagens, à Ferj e à Sportsview.

Os pacotes de pay-per-view seriam fundamentais para cada clube. Porém, nem mesmo a venda de 200 mil pacotes por cerca de 90 mil operadoras e as vendas por canais dos clubes foram consideradas suficientes para distribuir os prêmios. A previsão é de que o campeão receba R$ 2 milhões, enquanto o vice fique com R$ 1 milhão e cada semifinalista, R$ 500 mil.

FINAL E CONVIDADOS 'DO BARULHO'

Fred - briga no fim do jogo
Fred - briga no fim do jogo

Após o 1 a 1 no jogo de ida, houve bate-boca na ida para o vestiário (Reprodução / Cariocão TV)

O jogo de ida da final do Campeonato Carioca trouxe novo capítulo controverso. Em meio à pandemia de Covid-19, a Ferj permitiu que Fluminense e Flamengo levassem 150 convidados cada um. Após o apito final e o empate em 1 a 1, a confusão tomou conta no Maracanã.

O atacante do Fluminense, Fred, bateu boca com uma pessoa que estava no lado da arquibancada destinado ao Flamengo. No acesso ao vestiário, o presidente do Tricolor das Laranjeiras, Mário Bittencourt, também discutiu aparentemente com uma pessoa ligada ao Rubro-Negro.


Também foram registradas cenas de tumulto. A Ferj confirmou que 148 pessoas estavam no estádio. O Fluminense disse que não aceitou os convites e os torcedores que estavam vestindo a camisa do clube eram convidados pela Federação. Mais tarde, a Prefeitura do Rio de Janeiro multou a gestão do Maracanã por não ter permitido a autorização para a presença de público.

FEZ QUE FOI, NÃO FOI...

Maracanã
Maracanã

Maracanã foi ratificado como estádio da final, conforme estava previsto no regulamento (ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O último ato do Campeonato Carioca foi precedido por um breve mistério. A Ferj analisou a possibilidade de que o Fla-Flu acontecesse fora do Rio de Janeiro, mesmo com o regulamento do Estadual de 2021 prevendo que os dois jogos da final fossem realizados no Maracanã.

A "migração" do Fla-Flu, que interessava também o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, seria para Brasília. A ideia era abrir parcialmente para o público o Estádio Mané Garrincha. Só que o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, logo descartou e o Maraca abrigou a decisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos