'O duro é ter que correr atrás do prejuízo', lamenta Luxemburgo após empate com o Operário-PR

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O técnico do Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo, e o diretor de futebol, Rodrigo Pastana, seguiram com as reclamações após o empate com o Operário-PR por 1 a 1, nesta quinta-feira, 16 de setembro, na Arena do Jacaré, pela 24ª rodada da Série B. A imensa frustração era pelo gol anulado de Marcelo Moreno, aos 52 minutos do segundo tempo, que daria a vitória ao time celeste.

A equipe mineira, que precisa vencer quase todos os jogos para ainda manter as chances de acesso à elite nacional de 2022, lamentou a igualdade, mas principalmente os lances em que o árbitro Rodrigo Dalonso e o VAR influenciaram diretamente no resultado final do jogo. Luxemburgo questionou de forma veemente a marcação e acabou expulso por Dalonso.


O lance do gol anulado de Moreno levou 12 minutos para ser revisado, criando uma grande confusão entre os jogadores e comissões técnicas das duas equipes. Após muita deliberação e imagens pouco conclusivas do VAR se o meia Marco Antônio tocou ou não com o braço na bola antes de dar o passe para o gol de Moreno, Rodrigo Dalonso foi ao monitor do VAR e decidiu anular o tento cruzeirense. A transmissão do jogo, do canal SporTV, mostrou um ângulo em que o jogador da Raposa teria tocado com o braço na bola.

Luxa e Pastana não pouparam críticas e a Raposa promete ir à CBF para tentar alguma punição a Rodrigo Dalonso e até reverter o resultado final do jogo, que deixou o time azul na 12ª posição, com 30 pontos, 11 a menos do que o CRB, último time do G4. Veja nos vídeos a insatisfação da dupla cruzeirense.

Cruzeiro x Operário
Cruzeiro x Operário

O time celeste reclamou muito da arbitragem de Rodrigo Dalonso-(Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos