O dilema de Mbappé: francês aceita ficar no PSG por mais um ano, mas não quer afastar o Real Madrid

·2 minuto de leitura

O atacante Kylian Mbappé ainda não sabe por qual caminho vai seguir na sequência de sua carreira. Aos 22 anos, o astro francês tem contrato até o final da próxima temporada (2021/22) com o Paris Saint-Germain e ainda não deu o ‘ok’ para uma ampliação contratual. Além disso, o camisa 7 também tem definido que quer defender o Real Madrid em algum momento de sua vida.

Em meio a esse dilema, Mbappé trabalha em uma forma de conduzir sua saída do Parque dos Príncipes de maneira pacífica. Ele não quer problemas com o PSG. Segundo informações do UOL Esporte, o atacante não queria sair de graça da França, mas começou a pensar nesta possibilidade diante da falta de flexibilidade do clube em negociar com os Blancos.

Mbappé quer sair em paz do PSG. | John Berry/Getty Images
Mbappé quer sair em paz do PSG. | John Berry/Getty Images

Kylian não se rebelou com a decisão do Paris Saint-Germain de não o negociar com o Real Madrid agora. E até aceita essa definição, notando que o seu contrato vai até meados do ano que vem. Porém, o atacante teme que uma renovação longa com o PSG o impeça de se transferir para a Espanha quando bem desejar.

O clube de Paris ofereceu um contrato com validade mínima até 2025, o que não agrada o atacante. Diante deste imbróglio, Mbappé busca um acordo com garantias de flexibilidade – ele quer ter a opção de sair caso surja alguma proposta que o agrade. Vale lembrar que ele sempre sonhou em defender o Real Madrid.

Ainda conforme o UOL Esporte, Mbappé estaria disposto a ficar no PSG até a Copa de 2022 – dezembro do ano que vem. Porém, o problema é que o Paris Saint-Germain não trabalha com a possibilidade de renovar por apenas mais um ano com o atacante. A novela continua.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos