O dia em que Belletti ofuscou Ronaldinho e consagrou uma geração do Barcelona

Goal.com

O dia 17 de maio pode ser uma data qualquer para muitos, menos para Juliano Haus Belletti. Há exatos 14 anos, o ex-lateral deixava o banco de reservas no Stade de France, em Paris, para escrever seu nome na história do Barcelona.

Sem conquistar a Champions League desde a temporada de 1991/92, o clube catalão viu o brasileiro sair do banco e marcar aos 36 minutos do segundo tempo o gol da virada sobre o Arsenal.

Com o placar de 2 a 1, o jogador garantiu a vitória e o título da maior competição da Europa para o Barcelona.

O clube catalão não conquistava a Liga dos Campeões desde a temporada de 1991/1992. Começou perdendo a final para o Arsenal, gol de Campbell, empatou com o camaronês Samuel Eto’o. Aos 26 minutos do segundo tempo, Belletti entrou no lugar de Oleguer. Dez minutos depois, se consagrava.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também