O começo do fim: como se saiu Galvão Bueno no primeiro jogo da última Copa da carreira


Comprometido a narrar sua última Copa do Mundo na carreira, Galvão Bueno fez sua estreia no Qatar nessa quinta-feira. O narrador demonstrou muita felicidade, confiança na Seleção Brasileira e gratidão de poder estar vivendo esse momento especial. Ele já afirmou que irá deixar as transmissões após o Mundial. A Copa do Qatar é a 13ª da carreira do locutor.


Durante a partida contra a Sérvia, que terminou com vitória do Brasil por 2 a 0, Galvão fez agradecimentos e exaltou a união do povo brasileiro ao vestir novamente a camisa amarela da Seleção com orgulho. Também foi possível perceber pequenas 'arranhadas' na voz ao narrar um dos gols de Richarlison.

Antes da bola rolar no Lusail Stadium, Galvão Bueno - como é tradição em Copas do Mundo - 'convocou' o Olodum para invadir a tela com o som dos tambores diretamente de Salvador, na Bahia.

Diretamente das arquibancadas do estádio, o narrador também foi homenageado com uma bandeira que tinha seu rosto estampado.

- Fizeram até um bandeirão para mim! Estou emocionado e é só o primeiro jogo - disse Galvão Bueno durante a transmissão.

Com os dois gols de Richarlison, o Brasil assumiu a liderança do Grupo G, com três pontos. A Suíça também tem três pontos, mas soma um gol a menos que a Seleção Brasileira. Na próxima segunda-feira, às 13h, a equipe de Tite encara os suíços.