O cara: Com força coletiva, River tem em Enzo Pérez seu ponto de equilíbrio

Gabriel Rodrigues
LANCE!
Enzo Pérez já coleciona títulos com a camisa do River Plate (Divulgação)
Enzo Pérez já coleciona títulos com a camisa do River Plate (Divulgação)


O River Plate tem no futebol coletivo e no seu técnico as suas principais forças para estar há tanto tempo disputando os principais títulos da América do Sul e ser o atual campeão da Copa Libertadores. Mas, se tem um jogador que merece destaque e olho aberto dos jogadores do Flamengo, é Enzo Pérez.

Contratado em 2017 pelo River, o meio-campista de 33 anos já acumula títulos pelos Millonarios. Tem uma Copa Argentina, uma Supercopa Argentina, uma Recopa Sul-Americana e uma Libertadores. Ele é um dos sete titulares remanescentes do título conquistado sobre o Boca Juniors, na última temporada, em Madri.

- É a partir dele que a equipe do River tem equilíbrio. Está sempre bem posicionado. Tem experiência jogando na Europa, na seleção da Argentina, e, no River, ele é muito importante. É um dos jogadores que mais rouba bolas e que dá o melhor primeiro passe. Destrói, e constrói. É um jogador fundamental para todo o esquema do River - analisou o jornalista Damián Ramirez, da Rádio Del Plata, da Argentina.

Para a sorte dos rubro-negros, o técnico Jorge Jesus o conhece muito bem. E não só o conhece como é um dos responsáveis por Pérez ser o jogador que é hoje em dia. Campeão da Libertadores pelo Estudiantes em 2009, atuando avançado pelo lado direito, o argentino foi contratado pelo Benfica de Jesus em 2011. Mas, além da forte concorrência, o jogador, num primeiro momento não se adaptou e acabou emprestado, voltando para o Estudiantes.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mas a sua situação mudou na temporada 2011/12. Após perder importantes jogadores, o Benfica solicitou o retorno de Pérez. Jesus, então, o convenceu a atuar mais recuado, como ele joga hoje no River. Após certa resistência, o meia topou. E deu certo.

- Jorge me propôs jogar como volante. Eu não queria saber disso, não me via naquela posição, mas ele me disse: 'Fique tranquilo, vamos praticar. Vou te mostrar vídeos, e faremos exercícios depois do treino. Ele tinha razão. É um monstro taticamente - exaltou Pérez em entrevista recente para o "La Nación", da Argentina.

Nessa posição, o meio-campista voltou a se destacar e fez parte do elenco da Argentina vice-campeão da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Após uma boa proposta, foi vendido para o Valencia, onde ficou até se transferir para o River, clube pelo qual brilha hoje em dia.

Até pela sua importância, o torcedor do River Plate ficou preocupado com a torção que Pérez teve no ombro esquerdo na partida contra o Estudiantes de Caseros, no dia 14, a última partida antes da final da Libertadores. Mas o meio-campista se recuperou e está confirmado no time titular para este sábado.


Leia também