'O América-MG gosta de jogo grande' diz Patric sobre o desafio de encarar o clássico contra o Atlético-MG

·2 min de leitura


O Atlético-MG lidera o Campeonato Brasileiro com 62 pontos, enquanto o América-MG, 9º colocado, tem 38 pontos. As duas equipes estarão em campo neste domingo, 7 de novembro, às 16h, no clássico do Mineirão, pela 30ª rodada do Brasileirão.

Apesar da distância na tabela e de objetivos, o Coelho, do lateral-direito Patric, que jogou muitos anos no alvinegro, disse que o time americano gosta desse tipo de desafio, diante dos grandes. E, sua fala faz sentido, pois no segundo turno, o América não foi derrotado por forças do futebol como Flamengo, Corinthians, Grêmio e São Paulo, além de ter feito jogos duros contra Palmeiras e o próprio Galo. Para Patric, o Atlético está ficando ainda maior e caminha para ser campeão, mas o Coelho estará pronto para o clássico do Mineirão.

-O Atlético-MG ja era grande e está ficando cada vez maior. Os resultados dentro de fora de campo estão. O Clube Atlético Mineiro está perto de conquistar o título. Mas o América vem forte, pois gosta desse tipo de jogo. Teremos estádio cheio, a torcida empurrando o grande time do Atlético-MG, mas o América quer seu espaço no cenário nacional e até internacional-disse Patric em entrevista ao L!.

O jogador americano fez uma analogia com os negócios, para demonstrar como o América está em boa fase dentro de fora de campo, sendo um ativo muito atrativo para investidores, já que o clube pode virar empresa em breve, pensando em um projeto de expansão esportiva e empresarial.

-O América tem grandes chances de sair na frente e se tornar empresa. Imagina se você fosse um investidor. Você colocaria seu dinheiro em um clube desorganizado , com dívidas, ou um clube com estádio próprio, vida financeira em dia? Creio que você trabalhou para investir certo, com margem de erro baixa. É assim que estamos pensando. Baixa margem de erros. Resumindo: para o clássico, vamos trabalhar assim, para errar menos,pois quem fizer isso, pode vencer o jogo. Que no domingo falamos um excelente clássico-complementou.

Com a boa campanha do segundo turno, em que só tem menos pontos do que o Galo, com 19 em 10 jogos, os sonhos do Coelho podem ir além da permanência na Série A de 2022. por isso, existe sim um sentimento nos jogadores americanos de que podem entrar na história do clube ao levar o América para um torneio internacional oficial pela primeira em sua história.

- Nós podemos ter duas conquistas este ano: ficar na Série A, pois o clube subia e acabava caindo novamente. Então, permancer será uma das metas que queremos cumprir. A outra conquista é ter a chance de jogar um torneio continental. Nos estamos com os pés no chão, mas seguimos trabalhando firme e sonhando com o resultado do nosso esforço-concluiu Patric, que está no seu terceiro clube de BH, pois já atuou no Cruzeiro e no Atlético-MG. .

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos