O 10 chegou! Gustavo Sauer valoriza história do Botafogo: 'Sonho a se tornar realidade'

·3 min de leitura
Gustavo Sauer é do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)


O camisa 10 chegou! Gustavo Sauer foi apresentado oficialmente pelo Botafogo na manhã desta terça-feira. Reforço vindo do Boavista-POR, o meio-campista destacou o desafio de retornar ao Brasil e, agora, defender as cores do Alvinegro.

+ Erison iguala marca de Loco Abreu e entra em seleta lista de mais rápidos a marcar 10 gols pelo Botafogo

- Queria agradecer a todos que fizeram esse sonho a se tornar realidade. Foram as pessoas sérias (que o convenceram a ir ao clube) que estão atrás do projeto, Luis Castro, John (Textor) e (André) Mazzuco. O Botafogo é grandioso, estamos muito felizes de estar aqui - afirmou.

Gustavo Sauer vem da melhor temporada carreira. Pelo Boavista, o brasileiro somou dez gols e sete assistências em 2021/22 - inclusive, sendo indicado à seleção do Campeonato Português. O jogador explicou como vinha atuando.

- Ultimamente estava jogando mais pelo lado do campo, mas também já joguei por dentro, como terceiro meia, um segundo volante em Portugal. Sou um jogador versátil, posso ajudar nesse sentido. Passei três anos em Portugal, hoje estou feliz de estar aqui, a história do Botafogo fala por si só - analisou.

O novo camisa 10 fez o primeiro treino pelo Botafogo nesta segunda-feira. O jogador destacou a ideologia de Luís Castro e afirmou que está acostumado com o "jeito português" dos treinadores.

- Eu acho que a gente tem grande vantagem de já sair na frente porque em Portugal a gente diz que é o nosso Brasil, temos facilidade em comida, adaptação e principalmente a língua. O Brasil é o nosso país, então já vimos muita coisa no primeiro treino com o Luís, tem tudo para dar certo esse projeto - completou o jogador.

O Botafogo enfrenta o Ceilândia às 21h desta quarta-feira no Estádio Mané Garrincha, pela terceira fase da Copa do Brasil. Já regularizado, Gustavo Sauer é opção do treinador Luís Castro para a partida.

MAIS DECLARAÇÕES DE SAUER

Diferenças de Portugal para o Brasil
- É uma liga muito competitiva, talvez aqui no Brasil tenha mais talento, mas acho a gente ganha vantagem por lá ser competitivo. Estávamos bem lá, com certeza podemos dar certo aqui.

Chegada
- Fiquei feliz de poder participar de um clube de tanta história. Podem esperar um jogador que acredita a todo momento e vai dar tudo de si.

Como atua
- Posso jogar na esquerda, direita ou por dentro. Ultimamente vinha jogando por dentro, o Victor Sá é um grande jogador, já vimos como ele pode ajudar o Botafogo. A gente pegou referência, nunca tinha trabalhado junto, falaram que ele é um fenômeno, gosta que a equipe seja agressiva, intensa, isso estou acostumado em Portugal, acho que levo vantagem nisso.

Já pode jogar?
- A gente vinha treinando e jogando, estamos praticamente no final de temporada na Europa. Se o Mister quiser contar com a gente estamos prontos.

Projeto
- É um projeto a médio e longo prazo, as pessoas que estão aqui são muito sérias e podem levar o Botafogo ao mais alto nível. Temos ser uma família aqui dentro, acho que essa é a chave aqui dentro.

Luís Castro
- A gente leva vantagem porque vimos de Portugal, conhecemos a forma de trabalhar do português. Tivemos alguns jogos contra, achei que eu ganhei mais (risos).

Como pode encaixar
- Sou um jogador rápido, mas não um velocista, mas minha característica é a procura do remate, acho que pode encaixar no estilo de jogo do Mister.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos