Números, curiosidades e tudo o que você precisa saber do Flamengo campeão brasileiro

Yahoo Esportes
Rubro-negros já têm três títulos em 2019 (Bruno Baketa/AGIF)
Rubro-negros já têm três títulos em 2019 (Bruno Baketa/AGIF)

Exatas 22 horas e 56 minutos depois de ganhar a Libertadores da América, o Flamengo também assegurou o título do Campeonato Brasileiro - graças à derrota do Palmeiras para o Grêmio, na tarde deste domingo. Foi a confirmação de um ano histórico para o Rubro-Negro, primeiro clube brasileiro a ganhar o torneio continental e o Brasileirão, como passou a ser chamada a competição desde 1971. Abaixo, várias informações, números e curiosidades do supercampeão Flamengo.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Caixa abarrotado:
Com os títulos da Libertadores e do Brasileirão, o Flamengo ficou R$ 83 milhões mais rico. É que a Conmebol prometeu R$ 50 milhões ao campeão continental, enquanto a CBF reservou R$ 33 milhões ao primeiro colocado nacional.

Leia também:

Tríplice coroa pesada:
O Flamengo é o segundo clube brasileiro a ganhar três títulos no ano, mas sua tríplice coroa é bem mais pesada que a do Cruzeiro de 2003. Na oportunidade, a Raposa ganhou estadual, Brasileirão e Copa do Brasil. O Fla também levou estadual e Brasileirão, mas, em vez da Copa do Brasil, faturou a Libertadores.

Maior campeão:
O título deste domingo também fez do Flamengo o maior vencedor do Campeonato Brasileiro, ao lado do Corinthians. Desde 1971, os dois mais populares do país somam sete taças, cada. Na sequência aparecem Palmeiras e São Paulo com seis, Vasco com quatro, Cruzeiro, Fluminense e Inter com três.

Festa antecipada:
Ninguém conseguiu ser campeão brasileiro com mais antecedência do que o Flamengo de 2019 - o título chegou na 34ª rodada. Desde que o campeonato passou a ter 20 clubes, em 2006, só outros dois times haviam levantado a taça a quatro rodadas do fim: São Paulo de 2007 e Cruzeiro de 2013.

Na Libertadores:
Cinco times já asseguraram vaga na Libertadores de 2020: Flamengo, Athletico, Santos, Palmeiras e Grêmio. Destes, Grêmio e Palmeiras são os recordistas de participação, com 20 presenças (já contando a do ano que vem). O São Paulo pode igualá-los caso se classifique. O Fla jogará o torneio continental pela 16ª vez, contra 15 do Santos e sete do Athletico.

Efeito JJ:
Desde que foi contratado, na metade do ano, Jorge Jesus tem números espetaculares: 33 jogos, com 23 vitórias, oito empates e só duas derrotas. O aproveitamento é de 77,8% dos pontos. O time não perde há 26 jogos, com 21 vitórias e cinco empates. No Maracanã, são 13 vitórias e três empates em 16 jogos.

Domínio quase total:
Além do título nacional, o Flamengo é o time que mais venceu (25 vezes), menos perdeu (três), mais gols marcou (73), melhor mandante (47 pontos), melhor visitante (34 pontos) e tem o artilheiro (Gabigol, com 22 gols).

Goleada do Gabigol:
Gabigol tem tudo para ser o artilheiro do Brasileirão em 2019, como já foi no ano passado. E, na soma dos dois torneios, ele sobra em relação aos demais. Foram 40 gols, contra 21 de Everton Cebolinha, 20 de Gilberto e 19 dos Brunos Henriques de Palmeiras e Flamengo.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também