Nubank, Mercado Pago e Google se unem e criam associação para inovação em pagamentos

Redação Finanças
·2 minuto de leitura
Mobile phones technology business concept
Mobile phones technology business concept

As empresas de pagamentos e tecnologia Nubank, Mercado Pago e Google anunciaram a criação da Zetta, uma nova associação com foco na inovação do setor financeiro e digitalização da economia. A inciativa, anunciada nesta quarta-feira (10), conta também com as fintechs como Creditas, Banco Inter, Grupo Movile, Hash e iugu. 

O grupo de empresas vai atuar em colaboração com o mercado brasileiro e promover a inovação do setor financeiro no Brasil e a inclusão financeira. As empresas explicaram que juntas somam forças para incentivar a inclusão, o progresso financeiro da população brasileira e o fomento ao empreendedorismo, por meio da digitalização dos serviços financeiros.

Leia também:

A ideia, segundo comunicado, é focar principalmente àqueles sem acesso às instituições financeiras tradicionais. “A Zetta é um fórum para debates de inovação e modernização do setor. E colocará sempre os interesses dos clientes em primeiro lugar”, afirma o presidente da associação e diretor de Relações Institucionais do Nubank, Bruno Magrani. 

“A Zetta alia inteligência de mercado ao conhecimento técnico e dinamismo”, acrescentaFrançois Martins, diretor de Relações Governamentais do Mercado Pago. 

Com o anuncio, a recém-criada fundação Zetta divulgou um estudo sobre o “papel da tecnologia na recuperação econômica". O levantamento analisou o impacto positivo da inovação, no Brasil, durante a quarentena devido à pandemia.

Os dados também apontaram a importância das empresas de tecnologia durante este período e utilizou dados de busca por termos relacionados a serviços digitais, como cartão de crédito e abertura de conta digital neste cenário.

De acordo com dados das associadas, o número de clientes com cartão de crédito ativo aumentou 29% entre fevereiro e novembro de 2020, e usuários de todas as faixas de renda passaram a realizar mais compras parceladas no cartão de crédito.