Novos contratos de TV geram aumento de receitas do Paulistão

·3 min de leitura
São Paulo foi o Campeão Paulista em 2021. Foto: Alexandre Schneider/Getty Images
São Paulo foi o Campeão Paulista em 2021. Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

A Federação Paulista de Futebol anda feliz da vida com os novos contratos de TV para transmissão do Paulistão 2022. Isso porque, segundo o blog do jornalista Danilo Lavieri, do Uol, o valor representa um crescimento de quase 30% nas receitas médias anuais, em comparação com o valor médio do contrato com a Globo, no ciclo dos últimos seis anos.

Em 2021, a Globo pagou R$ 225 milhões conforme informações dadas no site da emissora carioca.

Leia também:

A negociação para o ano que vem é diferente, pois conta com um maior número de parceiros, já que tem fechados acordos com a Record, a HBO Max e o Youtube, além de formatos distintos de contratos que incluem números de jogos diferentes com exclusividade e ainda podem contar com a transmissão de outros campeonatos da entidade como feminino e divisões de base.

Mas a Globo ainda não está totalmente fora da briga, já que pode comprar os direitos para a transmissão em pay-per-view. Outras empresas de streaming por assinatura também estão interessados no PPV do principal campeonato regional do país.

O assunto deve seguir na pauta nos próximos anos, uma vez que com a Lei do Mandante, as negociações por direitos de transmissão em TV devem mudar. Copa do Brasil, Série B e C do Brasileirão tem os contratos vigentes se encerrando em 2022 e clubes como Athletico e Palmeiras já devem transmitir seus jogos em suas plataformas também no ano que vem.

Sorteio do Paulistão acontece nesta terça

A temporada 2022 do futebol paulista tem início, na prática, a partir desta terça-feira (9), com a realização dos conselhos técnicos das Séries A-1, A-2 e A-3 do Estadual.

Neste primeiro dia, a Série A-1 terá a definição dos detalhes da disputa em 2022, com sorteio dos grupos, a partir das 13h30 e de forma presencial.

O esperado é que seja mantido o regulamento utilizado desde 2014, com 16 times divididos em quatro grupos, com 12 rodadas, onde os clubes se enfrentam apenas fora das chaves. A partir daí, os dois melhores de cada chave avançam para a fase de mata-mata do Paulistão.

Na quarta-feira (10), é a vez do Conselho Técnico da Série A-2, também com 16 clubes e na quinta-feira (11), é a vez do encontro dos 16 times da Série A-3.

Nas divisões menores, a disputa será em turno único, classificando os oito primeiros colocados para a segunda fase, se enfrentando em quartas, semi e final. Os dois primeiros colocados garantem acesso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos