‘Novos brasileiros’, líderes do ranking comandam vitórias da Itália e Espanha na Copa do Mundo de Beach


Itália e Espanha, duas das principais favoritas, começaram com tudo na ITF Beach Tennis World Cup, a Copa do Mundo de Beach Tennis, nesta terça-feira, realizada na Praia de Copacabana (Posto 2), com entrada gratuita ao público.

A equipe italiana marcou 3 a 0 no Japão enquanto que a Espanha fez o mesmo placar na novata equipe tailandesa.

Giulia Gasparri e Sofia Cimatti aplicaram um duplo 6/2 sobre Eri Homa e Erina Otsuka. Michelle Cappelletti/Mattia Spoto derrotou Riki Usami/Naoki Yamamoto por 6/0 6/1. Nas mistas, Nynny Valentini e Doriano Beccaccioli marcaram um duplo 6/1 contra Otsuka/Usami.

Cappelletti está de volta à Copa do Mundo, após ausência no ano passado: “Sempre é um prazer representar o meu país, é minha terceira vez, primeira no Rio de Janeiro, atmosfera totalmente diferente, todos estão motivados, esperamos muitas pessoas vendo os jogos, com bons jogos e bom nível. Vamos tentar fazer nosso máximo para ganhar o título.”


Cappelletti, natural de Cesena, é mais um italiano vindo morar no Brasil. O número 1 do mundo vai se mudar para São Paulo no começo de 2023 com seu técnico, o também italiano Alessandro Bucelli: “Fechamos uma parceria importante com a Arena Nacional, estou muito feliz, esperava por isso. Beach Tennis agora é o Brasil, quero viver essa experiência quase que no 100% quase como brasileiro, tenho meu visto temporário de atleta, tenho meu CPF”, disse o atleta que pela ausência da Itália na Copa do Mundo de futebol.

Só que no Beach Tennis ainda é o coração italiano que bate: “Beach Tennis agora é no Brasil, uma honra poder estar aqui, na icônica Rio de Janeiro, vamos tentar trazer o título de volta , diferente de alguns anos atrás. Temos França, Espanha, Alemanha, muitos jogadores dentro do top 10 , vamos tentar fazer o nosso máximo pois é um campeonato complicado”.

A Espanha passou com tranquilidade pelo time tailandês. Parceiro de Cappelletti no circuito mundial, Antomi Ramos, também número 1 do mundo, entrou apenas nas duplas mistas ao lado de Ariadna Costa. Se Cappelletti está de mudança para o país, em parte foi por conta da vinda de Ramos que desde o fim do ano passado se mudou para Campinas. E no Rio de Janeiro ganhou inclusive o patrocínio do time do Clube de Regatas do Flamengo: “Flamengo é sinal de título. Estou aqui no Rio de Janeiro, preciso ser Flamengo”.


“Primeira vez deles no Mundial, dupla nova, todo o time muito novinhos. Jogaram bem, são tenistas, mas falta um pouco de técnica de Beach Tennis. Para começar o torneio preferíamos uma equipe assim”, disse o jogador natural da Gran Canaria: “Pegamos um grupo legal, sendo cabeças de chave 3, evitamos a Venezuela, vamos ver a próxima rodada e uma hipotética semifinal contra o Brasil para viver experiência nesta magnífica quadra central”.


Italianos prometem cabelos rosados em caso de título

As últimas três edições foram conquistadas pelo Brasil que empatou em quatro títulos no Mundial com os italianos, precursores do esporte. Os italianos querem recuperar o troféu e até fizerem promessas de mudar a cor do cabelo.


“Talvez todo mundo vá pintar o cabelo se vencermos o Mundial, talvez de rosa dessa vez, não sabemos ainda. Todo mundo vai pintar, eu, Ninny, os homens, todo o time”, disse Giulia Gasparri, dona de cinco títulos mundiais no feminino.

Cappelletti já pintou de branco recentemente após a conquista na Itália e irá entrar na brincadeira: “Depois do título de Terracina pintamos o cabelo de branco, o Antomi pintou de azul não sei porque, ele é um pouco maluco . Se conseguirmos o título (para a Itália) aqui vamos fazer outra coisa, não sei se vamos pintar o cabelo de novo, vamos buscar o título e decidimos”.

A equipe brasileira estreia ainda na noite desta terça-feira, a partir das 19h, contra a Letônia, com transmissão do Sportv 3. O canal NSports mostra todos os confrontos da quadra central. Os demais duelos podem ser seguidos pelo Live Score – https://score-widget.matchscorerlive.com/public/teams/LB4nLJvXq0ON_JEL1vet_Q


Resultados parciais terça-feira:


Grupo 1
Itália 3×0 Japão

Grupo 2
Polônia 3×0 Curaçao

Grupo 3
Espanha 3×0 Tailândia

Grupo 4
EUA 3×0 África do Sul

Antomi Ramos no Mundial de Beach
Antomi Ramos no Mundial de Beach

Marcello Zambrana/DGW