Novorizontino surpreende a Ponte Preta no Moisés Lucarelli

A Ponte Preta contava com o fator casa para vencer o Novorizontino, mas faltou combinar com o adversário. Neste sábado, a Macaca acabou surpreendida pelo Tigre e foi derrotada por 2 a 1, no Moisés Lucarelli, em partida válida pela nona rodada da primeira fase do Campeonato Paulista.

Com o resultado, o Novorizontino chegou a quarta vitória na competição e se consolidou na vice-liderança do Grupo C, atrás apenas do Palmeiras. A Ponte Preta, por sua vez, manteve a ponta do Grupo D, com 15 pontos, mas pode ser ultrapassada pelo Santos, que ainda joga na rodada.

Ponte e Novorizontino voltam a campo pelo Estadual na próxima terça-feira. Às 15 horas (de Brasília), a Macaca enfrenta o Santo André, no Bruno José Daniel. Mais tarde, às 19 horas (de Brasília), o Tigre recebe o Audax, no Jorge Ismael de Biasi.

O jogo – Atuando diante de seus torcedores, a Ponte Preta começou a partida valorizando a posse de bola e trocando passes na busca por um espaço na defesa do Novorizontino. Logo aos três minutos, a Macaca chegou com perigo. Após virada de jogo da esquerda para a direita, Lucca ajeitou para Lins, que soltou a bomba. A bola explodiu na marcação e saiu pela linha de fundo.

Na sequência, foi a vez de Ravanelli assustar o goleiro Michael. Após cobrança de escanteio, o meio-campista pegou a sobra e bateu de pé direito, mas a bola foi por cima do gol. Aos poucos, o Novorizontino foi saindo mais para o ataque e passou a levar perigo. Aos 13, Éder finalizou da entrada da área, porém mandou para fora. Em seguida, Fernando Gabriel acertou o travessão em chute da intermediária. Aos 19, Aranha teve de intervir para evitar gol de falta de Fernando Gabriel.

 

 

O Novorizontino seguiu mais incisivo na partida, acuando a Ponte Preta. Na marca de 28 minutos, Moacir arriscou de média distância e Aranha espalmou para fora. A Macaca acordou e ensaiou uma pressão em duas chegadas seguidas. Aos 31 minutos, Lins completou cruzamento de Nino Paraíba, mas mandou por cima. Na sequência, Pottker aproveitou espaço e bateu forte para a defesa de Michael no canto esquerdo.

Os visitantes mantiveram a postura ofensiva e chegaram ao gol aos 33 minutos. Fernando Gabriel deu belo passe entre os zagueiros para Roberto, que tocou na saída de Aranha. Antes de a bola entrar, Cléo Silva deu o último toque para o fundo das redes. O Tigre não se contentou com o gol marcado e quase ampliou dois minutos depois. Após saída errada da zaga alvinegra, a bola sobrou para Everaldo, que bateu no canto esquerdo para a defesa de Aranha.

A Ponte não se abateu e seguiu buscando o empate ainda no primeiro tempo. Aos 39, Pottker serviu Lucca, que arriscou de fora da área. Michael fez a defesa. No último lance, o Novorizontino partiu em contra-ataque rápido e por pouco não fez o segundo com Roberto, em chute de bico no canto direito. Aranha salvou a Macaca.

Os visitantes mantiveram a intensidade na etapa final e chegaram ao segundo gol com apenas quatro minutos. Roberto pegou a bola no campo de defesa, passou por Fernando Bob, avançou em direção à área e serviu Everaldo, que bateu de canhota. A bola desviou em Marllon e enganou Aranha, nada pôde fazer.

Empurrada pela torcida, a Ponte não se entregou e avançou o time na tentativa de reduzir o prejuízo. A postura da Macaca foi premiada com o gol de Pottker, aos 14 minutos. Lucca cobrou escanteio na segunda trave e o artilheiro ganhou no alto de Diego Sacoman para colocar a bola no fundo das redes.

O gol marcado animou a Ponte Preta, que partiu para cima em busca do empate. Aos 22 minutos, Jeferson cobrou lateral para dentro da área, a bola passou por todo mundo e sobrou para Nino Paraíba, que soltou a bomba, mas Michael espalmou. Aos 29, Pottker cruzou na medida para Matheus Cassini, que cabeceou da pequena área para mais uma defesa importante de Michael.

A pressão da Macaca continuou nos instantes finais do jogo. Aos 40 minutos, Yuri roubou bola na intermediária e tocou para Lucca, que limpou o marcador e finalizou. Michael defendeu. Na sequência, Ramon acertou a rede pelo lado de fora e quase empatou. Apesar da insistência, a Ponte não conseguiu chegar ao gol de empate e amargou a derrota em casa.

Audax cai para o São Bento e perde pela terceira vez seguida

Finalista do Campeonato Paulista no ano passado, o Audax não vem repetindo a boa campanha no Estadual na atual edição do Estadual. Neste sábado, o time comandado por Fernando Diniz sofreu a terceira derrota consecutiva ao perder por 1 a 0 para o São Bento, no Estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco. O gol da partida foi marcado por Ricardo Bueno, aos 18 minutos da etapa final.

Com o resultado, o São Bento chegou a dez pontos e respirou na luta contra o rebaixamento. O time de Sorocaba aparece na terceira posição do Grupo C. Já o Audax estacionou na lanterna do Grupo D, com sete pontos, e segue correndo sério risco de cair para a Série A2 do Campeonato Paulista.