Novorizontino quer ser o terror dos grandes clubes no Paulista

LUCA CASTILHO
Folhapress

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - No ano passado, o Novorizontino mostrou as garras para os gigantes do estado e encerrou o Campeonato Paulista como o segundo melhor time do interior, somente atrás do Red Bull Brasil.

Entre os jogos marcantes, o Novorizontino derrotou Corinthians e Santos, empatou com Palmeiras e só perdeu para o São Paulo e para o próprio Palmeiras, na partida que resultou na queda nas quartas de final.

Com o saldo final positivo —e vaga na Série D nacional conquistada—, o clube de Novo Horizonte espera repetir o feito.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Todo ano procuramos um sucesso maior do que do ano anterior. Em 2019, fizemos um grande Paulistão, tivemos vitórias contra grandes equipes e atingimos vários objetivos, como avançar ao mata-mata do Estadual e conseguir vagas na Copa do Brasil e na Série D. Queremos manter ou até melhorar a campanha”, afirmou Roberto Fonseca.

O treinador, aliás, contará com atletas que participaram daquela boa campanha, como Paulinho, Adilson Goiano e Cléo Silva, e reforços como os atacantes Thiago Ribeiro e Guilherme Queiroz.

GRÊMIO NOVORIZONTINO

Apelido: Tigre do Vale

Fundação: 13/3/1973 (*)

Estádio: Jorge Ismael de Biasi, com capacidade para 12.872 pessoas

Principais títulos: 1 Série C do Brasileiro (1995)

Melhor colocação: Vicecampeão (1990)

Técnico: Roberto Fonseca

6º colocado no Campeonato Paulista de 19

(*) Faliu em 1999 e foi refundado em 11/3/2001

Leia também