Novo treinador: Botafogo acerta com Marcelo Chamusca

Sergio Santana
·2 minuto de leitura


A fumaça branca subiu em General Severiano. O Botafogo tem acordo para contratar Marcelo Chamusca e o comandante de 54 anos assumir o Alvinegro na próxima temporada. O acordo foi selado nesta sexta-feira e o nome será apresentado oficialmente pelo clube em breve.

Marcelo Chamusca aceitou o projeto do Alvinegro e assinará um contrato de dois anos: o primeiro para a próxima Série B e o segundo já visando uma eventual subida para a elite do futebol brasileiro, em 2022.

Com todas as bases contratuais acertadas, Marcelo viaja para Salvador neste sábado para se encontrar com Marcelo Sant'Ana, seu empresário, e assinar oficialmente o contrato. Após isto, será anunciado pelo presidente Durcesio Mello no Botafogo. A tendência é que ele desembarque no Rio de Janeiro na semana que vem.

+ Futuro de Jonathan, do Coritiba, deve ser definido até sexta; Botafogo é um dos favoritos para contratá-lo

Chamusca chega ao Botafogo credenciado pela diretoria por ter feito uma boa campanha com o Cuiabá na segunda divisão do ano passado. Antes de deixar a equipe do Mato Grosso para ir ao Fortaleza, o Alviverde brigava pelas primeiras posições na classificação da competição.

Marcelo foi auxiliar-técnico do Botafogo em 2005. Dezesseis anos depois, retorna ao clube de General Severiano para assumir a principal função da comissão técnica.

BOTAFOGO BUSCOU NOME "GRANDE"
Antes de Chamusca, o Botafogo chegou a cogitar um treinador que pudesse até mesmo extrapolar o teto salarial colocado pelo presidente Durcesio Mello. Fernando Diniz, por exemplo, recebeu uma sondagem oficial, e Cuca, que está de saída do Santos, era um "sonho distante" da diretoria.

Com as recusas, os dirigentes voltaram ao plano de buscar um técnico que entrasse na realidade financeira. Marcelo Chamusca era logo uma das primeiras opções. Desempregado desde que deixou o Fortaleza, o comandante tem acerto encaminhado para assumir este desafio no restante de 2021.