Novo reforço tricolor, Thomaz nutre “grande carinho” pelo Corinthians

Aos 30 anos, o meia Thomaz, reforço do São Paulo, terá sua primeira grande oportunidade em um clube brasileiro. Sua chegada ao Tricolor, porém, será a segunda passagem do atleta por um gigante paulista, já que o jogador desconhecido do grande público já atuou no Corinthians, clube pelo qual nutre grande carinho.

Thomaz, que estava no Jorge Wilstermann-BOL, atuou nas categorias de base do Timão entre 2003 e 2004, quando firmou seu primeiro contrato. Após o jogo entre os bolivianos e o Palmeiras, no Estádio Palestra Itália, que terminou com vitória emocionante do Verdão pela Libertadores, o brasileiro confessou seu carinho pelo Corinthians.

“O Corinthians foi quem fez meu primeiro contrato profissional, foi quem me projetou no futebol, então tenho um carinho grande realmente”, afirmou à Gazeta Esportiva.

Apesar de seu apreço pelo rival Alvinegro, Thomaz deixa claro que isso não atrapalha seu profissionalismo. Ainda após o confronto pela Libertadores, o meia foi questionado se uma vitória sobre o Verdão teria um gosto ainda melhor.

“Hoje estou defendendo as cores do Wilstermann, sou profissional, então queríamos um melhor resultado aqui pela classificação na Libertadores”, completou o jogador, após o revés com um gol sofrido aos 50 minutos do segundo tempo.

Thomaz estava no Jorge Wilstermann desde a temporada 2014/15. Para contratá-lo, O Tricolor pagou a multa rescisória de 80 mil dólares (R$ 248,8 mil) e o atleta receberá aproximadamente R$ 50 mil mensais.

No Brasil, além do Corinthians, passou pelas categorias de base de Juventus-SP e Internacional. Depois, como profissional, atuou por Grêmio Barueri (2007), Chiasso-SUI (07/08 e 08/09), Avaí (2008), Ventura Fusion-EUA (2010), Rio Claro (2010), Hercílio Luiz (2011), Caxias (2011), Imbituba (2011), Audax (2012), Rio Branco-AC (2012), Marcílio Dias (2012), Inter de Lages (2013), Treze (2013), Gurupi (2013), Brasiliense (2014).

Camisa 10, Thomaz chamou a atenção do São Paulo justamente na partida contra o Palmeiras, no Palestra Itália, quando deu muito trabalho à zaga alviverde. O jogador foi um pedido especial do técnico Rogério Ceni, que buscava a contratação de um meia armador.

“O Thomaz é um meia de condução de bola, incisivo, que foi apresentado pelo nosso departamento de análise de desempenho e, na minha opinião, se mostrou um jogador muito interessante. Ele pode ajudar bastante o São Paulo nesta temporada. A chegada dele, porém, não fecha a possibilidade de trazer novos reforços”, afirmou Ceni ao site oficial do clube.