Novo reforço para a lateral, Edimar revela ligação de Ceni antes de acerto

Novo reforço para a lateral-esquerda do São Paulo, Edimar foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira. Chegando para suprir um setor carente do Tricolor, que conta apenas com Júnior Tavares na posição, o ex-atleta do Cruzeiro se mostrou seduzido pela oferta do time do Morumbi após receber uma ligação pessoal do técnico Rogério Ceni.

“Ele me ligou na terça-feira [21 de março], logo após o jogo com o Joinville, pela Primeira Liga. Queria sentir se eu tinha vontade de vir para o São Paulo, foi uma conversa que eu nunca tinha tido com um treinador pelo telefone. Ficamos dez minutos conversando, até sobre coisas pessoais. Ele destacou minhas qualidades, o motivo da minha vinda, então foi isso que me motivou a vir para o São Paulo. Agradeço muito pela oportunidade”, disse o lateral.

Com passagens por clubes da Europa, como Braga (Portugal), Rio Ave (Portugal) e Chievo (Itália), Edimar retornou ao Brasil em 2016, mas neste ano não vinha recebendo muitas oportunidades pelo técnico Mano Menezes no Cruzeiro. Pouco aproveitado mesmo depois de chegar no segundo semestre do ano passado, atuar 27 vezes e ajudar a equipe celeste na luta contra o rebaixamento no Brasileirão, o lateral decidiu mudar de ares em busca de mais minutos em campo.

“Tenho que ressaltar os meus números do ano passado, cheguei no segundo semestre, o Cruzeiro estava numa situação complicada, fiz 27 jogos pelo clube. Isso mostra alguma coisa. Esse ano não tive oportunidade de jogar, mas isso foi mais por opção do treinador. Tenho que ressaltar a oportunidade de estar vestindo esse manto, vou honrar muito para tentar chegar nos nossos objetivos”, assegurou Edimar.

O novo reforço do Tricolor chega em um momento decisivo do clube. Além da disputa das quartas de final do Paulistão contra o Linense, o time do técnico Rogério Ceni terá uma para dura contra o Cruzeiro, ex-clube de Edimar, já pela quarta fase da Copa do Brasil, um caminho considerado bem mais curto pelos são-paulinos para voltar à Copa Libertadores.

“Estou muito feliz por chegar em um momento decisivo, todo jogador quer disputar esses jogos e um grande clube como o São Paulo tem que estar nesses jogos mesmo. É um enorme clube, acostumado a ganhar muitos títulos. Estou feliz e confiante que vai dar tudo certo. Nesse próximo jogo vamos entrar com tudo porque queremos muito conquistar esse primeiro título”, finalizou.

*Especial para a Gazeta Esportiva