Portugal nega candidatura conjunta com Espanha e Marrocos para Copa de 2026

Lisboa, 7 mar (EFE).- Uma fonte próxima à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) garantiu nesta terça-feira à Agência Efe que Portugal não está envolvido em uma tentativa conjunta com a Espanha e Marrocos de organizar a Copa do Mundo de 2026.

Dessa forma, fica negada a especulação surgida mais cedo de que os três países estariam preparando uma tripla candidatura, algo inédito na história dos Mundiais.

Até agora, também foi falada a possibilidade de Estados Unidos, Canadá e México prepararem uma tentativa englobando toda a América do Norte.

A próxima Copa, no ano que vem, acontecerá na Rússia, enquanto a de 2022 será realizada no Catar. Com isso, devido à rotação continental, uma candidatura do continente norte-americano já partiria com boas chances de êxito.

Portugal e Espanha já apresentaram uma candidatura ibérica para organizar os Mundiais de 2018 e 2022, mas a proposta não avançou.

A edição de 2026 do torneio será a primeira com 48 seleções, divididas em 16 grupos de três. EFE