Novo presidente do Galo fala em Dodô como possível reforço e descarta vinda de Hulk

Valinor Conteúdo
·2 minuto de leitura


O Brasileiro não acabou, mas o Atlético-MG já está pensando no seu elenco para a temporada 2021. Segundo o presidente eleito do clube, Sérgio Coelho, a base está encaminhada.

Para o futuro mandatário do Galo, há duas posições prioritárias para o time mineiro: a lateral-esquerda e outro volante.

-Posso dizer lateral-esquerdo, que não temos reservas, precisamos de pelo menos um volante também, acho que todos concordam, e, as demais posições, primeiro, faremos só contratações pontuais - disse, em entrevista à Rádio 98FM.

O Galo deve reduzir a tendência de contratações em grande volume, como aconteceu em 2020, quando o Atlético trouxe 19 reforços, sendo 11 só na “Era Sampaoli”.

- Aquelas contratações de quantidade maior, que já foram feitas e muito bem feitas, não existe mais nesse plantel. O que vamos fazer são contratações pontuais. Estamos atentos ao mercado, fazendo contatos. Se houver a oportunidade de trazer jogadores que irão acrescentar muito e tornar o time mais forte, assim faremos-explicou.


CONFIRA COMO ESTÁ A CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE A

E, um nome que poderá aparecer no Galo na próxima temporada é Dodô, que jogou no rival Cruzeiro em 2019 e está sem clube. A informação foi veiculada inicialmente pelo blog do jornalista Victor Martins.

Dodô estava em litígio judicial com a Raposa, mas houve um acordo e agora ele seguirá sua carreira, que poderá ser no alvinegro.

- O Dodô é um grande jogador, que agrada a comissão técnica. Mas não fizemos nenhum contato. Ele estava na Justiça. Não existe nenhum tipo de tratativa. Mas o considero um excelente lateral-elogiou Sérgio Coelho.

Já Hulk, que deixou o futebol chinês está descartado segundo o presidente alvinegro pela inviabilidade financeira.

Sérgio Coelho já tem um compromisso com Alexandre Mattos, diretor de futebol, e Jorge Sampaoli, treinador, para iniciar o planejamento do futebol do Galo.

- De uma forma geral, a situação de cada um dos jogadores do elenco será pauta de uma reunião no início de janeiro. Ainda não estive com o Alexandre Mattos, com o Sampaoli para tratar desse assunto. Tenho que ouvir eles sobre todos os jogadores e nos planejar para março em diante. O que posso dizer é que o Tardelli é um ídolo meu, dos atleticanos, assim como o Victor-concluiu.