Novo líder do ranking, Medina é eliminado nas semis da França

(Foto: Sean Rowland / WSL)

Novo líder do ranking, Medina é eliminado nas semis da França

(Foto: Sean Rowland / WSL)


Em uma bateria eletrizante contra o australiano Julian Wilson, o brasileiro Gabriel Medina acabou eliminado nas semifinais da etapa de Hossegor, nesta sexta-feira, na França. Apesar do resultado, Medina garantiu a liderança do ranking mundial até a próxima etapa, em Portugal.

Com um início forte dos dois surfistas, a bateria já dava indícios de que teríamos um duelo em alto nível. Medina conseguiu conectar boas manobras, incluindo um aéreo, somando 7.67 e abrindo pequena vantagem nos primeiros minutos. Porém, logo em seguida, Julian Wilson respondeu com um aéreo espetacular e conseguiu uma nota 10 unanime (todos os cinco juízes deram nota máxima), a primeira da etapa.

Com a liderança da bateria, o australiano administrou o resultado, fazendo com que Medina precisasse de uma nota elevada. Já no fim da bateria, o brasileiro conseguiu encaixar duas boas manobras em uma mesma onda, porém insuficientes para superar os 9,01 necessários para assumir a liderança da bateria. Wilson ainda respondeu com um bom aéreo logo em seguida, garantindo a classificação para a final com um somatório de 16.67 contra 15.44 de Gabriel.

Mesmo com a eliminação, Medina chegou aos 51.770 e assumiu a liderança do ranking mundial, ultrapassando Filipe Toledo, que caiu para segundo com 51.450.

Na final da etapa, Julian Wilson, terceiro no ranking mundial, enfrentará a surpresa da etapa, o australiano Ryan Callinan, que passou pelo americano Conner Coffin na outra semifinal.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também