Argentino bate forte durante 6 Horas de Silverstone e é hospitalizado

(Atualiza com alta médica do piloto).

Redação Central, 16 abr (EFE).- O piloto argentino José María López teve que ser transferido para um hospital de Northampton, no Reino Unido, após sofrer acidente durante as 6 Horas de Silverstone, primeira etapa do Mundial de Resistência (WEC).

A bordo de um Toyota, de número 7, 'Pechito', como é conhecido, bateu forte contra a proteção de pneus ao passar direto na curva Copse, normalmente feita em alta velocidade.

O piloto ainda conseguiu levar o carro, que ficou parcialmente destruído, para os boxes, no entanto, pela gravidade do impacto, houve ativação de protocolo médico e encaminhamento para o hospital, onde seria realizada bateria de exames.

Ainda na noite deste domingo, o argentino recebeu alta, já que não foi constatada nenhuma lesão, e deixou a unidade de saúde.

Tricampeão do Mundial de Turismo (WTCC), López dividia o volante do carro número 7 da Toyota com o britânico Mike Conway e o japonês Kamui Kobayashi.

A vitória final foi para outro carro da montadora, o número 8, guiado pelo japonês Kazuki Nakajima, o suiço Sebastien Buemi e o britânico Anthony Davidson. EFE