Novo gramado do Palestra Itália é aprovado pelos palmeirenses

O gramado do Estádio Palestra Itália passou no teste. Nesta quarta-feira, na emocionante vitória do Palmeiras sobre o Peñarol por 3 a 2, o Verdão atuou em um campo novinho, replantado poucas horas antes do confronto, mas que mostrou ótima qualidade e não se soltou ao longo do embate e foi aprovado pelos palmeirenses.

“Eu nunca tinha visto algo assim, ficamos espantados. A qualidade do campo, lógico, não é 100%, mas esteve próxima a isso. A cinco dias era terrão e hoje tinha com condições plenas de jogo. O quique da bola ainda não era o mesmo, porque a grama não estava fixa. Mas perfeito, dentro do que a gente poderia pegar, foi excepcional o trabalho que fizeram aqui”, afirmou o técnico Eduardo Baptista.

O gramado da Arena alviverde foi retirado no final de março para a realização dos shows de Justin Bieber e Elton John no local. Para que o Palmeiras pudesse encarar a importante partida pela Liberta em sua casa, a WTorre – empresa que administra o estádio – trouxe da Holanda uma técnica que permite o replantio da grama e a realização do jogo poucas horas depois.

“Muito obrigado às pessoas que cuidaram do gramado. Já vim aqui algumas vezes no ano passado e critiquei bastante. Não vou falar que estava 100%. Pela dedicação, investimento, vamos dar uma nota 8 para eles. Tiveram uma atitude muito bacana. Acho que só prejudicou na hora do Willian botar a bola para dentro ali, mas tudo bem, faz parte (risos)”, afirmou o diretor de futebol Alexandre Mattos.

O procedimento foi inspirado no que ocorre na Amsterdam Arena, casa do Ajax-HOL. A remoção do gramado começou após o Palmeiras empatar com o Audax em 2 a 2 no dia 23 de março. O processo que custou à WTorre R$ 300 mil foi explicado pela engenheira agrônoma Maristela Kuhn, que coordenou o processo.

“Essa nova metodologia que está sendo usada no Brasil permite um gramado pronto para uso em poucas horas. Para isso, temos um rolo de grama que foi especialmente preparado para este fim, cultivado em uma lavoira durante muito tempo. É um rolo muito espesso, muito denso, extremamente pesado e esse peso faz sua fixação”, afirmou a profissional, que terminou o processo na madrugada da última segunda-feira.