Novo comandante do Vitória tem aposta calcada em experiência de vestiário

Futebol Latino
LANCE!


Em palavras ditas ao portal 'Globo Esporte', o novo técnico do Vitória, Bruno Pivetti, tem uma argumentação pronta para a questão de não ter tanta experiência seja como treinador ou mesmo pelo fato de não ter passado como atleta profissional.

Para ele, o fato de ter se preparado há bastante tempo para exercer a função bem como a convivência de longa data em vestiários de vários clubes são elementos que o abasteceram com conteúdo suficiente para assumir o desafio de treinar o Leão da Barra:

- Tenho larga experiência de vestiário, porque comecei no futebol muito cedo. O tempo que os jogadores estão jogando, eu estava planejando minha carreira como treinador. Tenho essa desvantagem, de não ter sido profissional. Mas temos diversos exemplos de profissionais bem-sucedidos que não tiveram essa possibilidade, justamente por ser um ambiente extremamente competitivo. Mas essa bagagem de vestiário me credencia a entender muito bem a cabeça do jogador de futebol e me faz trabalhar diariamente para a evolução coletiva e individual dos jogadores.

- Temos o respaldo não só da diretoria, como do grupo de jogadores e em todos os departamentos. Vamos trabalhar em conjunto para servir da melhor maneira nas competições - acrescentou.

O técnico chega para substituir Geninho, que assumiu o clube em setembro de 2019 e teve papel importante em livrar o clube do rebaixamento a Série C na última temporada.

A demissão do treinador, que é amigo pessoal do presidente Paulo Carneiro, no último dia 19 de junho ocorreu depois do profissional fazer 25 partidas na sua quarta passagem pelo Vitória. O retrospecto foi de nove vitórias, 11 empates e cinco reveses.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também