De novo: Diego Cavalieri lesiona o pé e se irrita, mas deixa treino andando

Matheus Dantas

Diego Cavalieri vive dias difíceis no Fluminense. Sem jogar desde a estreia do Carioca, no dia 29 de janeiro, contra o Vasco, o goleiro teve mais uma lesão no pé direito durante treinamento no CT Pedro Antonio, nesta tarde. Desta vez, o jogador sofreu um trauma no local e saiu descalço da atividade. Amanhã, será reavaliado pelo departamento médico do clube mas, a princípio, não é grave.

Ao sair da meta para defender um chute do meia Lucas Fernandes, Cavalieri pisou em falso e. Para piorar, defendeu a finalização com o próprio pé direito. Caído no gramado, aos berros e com muitas dores, o camisa 12 foi atendido pelos médicos sob o olhar atento de Abel Braga. Ao deixar o campo, o goleiro estava visivelmente irritado com a situação, mas caminhava sem ajuda.

Diego Cavalieri foi poupado de algumas atividades na semana passada e ainda estava em processo final de recuperação. A primeira lesão era uma entorse no tornozelo direito, sofrida em uma dividida contra o Vasco, no dia 29 de janeiro, na estreia do Campeonato Carioca.

O camisa 12 jogou apenas duas das onze partidas do Fluminense na temporada. Além disso, o substituto Júlio César defendeu pênalti na decisão da Taça Guanabara e agradou Abel, aumentando a concorrência pela vaga. O treinador deixou claro que a disputa pela vaga será grande no decorrer do ano.



E MAIS: