Novo 007: por que a produção do filme gastou R$ 400 mil em refrigerante

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Daniel Craig em cena de ‘007 - Sem Tempo Para Morrer’ (reprodução)
Daniel Craig em cena de ‘007 - Sem Tempo Para Morrer’ (reprodução)

38 mil litros de Coca-Cola. Para filmar uma das cenas de ‘007 - Sem Tempo Para Morrer’, a produção do filme simplesmente precisou gastar £55 mil (algo em torno dos R$ 398 mil, na conversão atual) e correr para encher 8,4 mil galões de refrigerante.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A história foi contada pelo coordenador de dublês de produção, Lee Morrison, em entrevista à revista britânica Total Film, segundo a NME. Segundo ele, o refrigerante foi usado como medida de segurança em uma das cenas a pedido de Daniel Craig.

Leia também

A gravação envolvia uma perseguição de moto na cidade de Matera, na Itália. Preocupado com a integridade do dublê, o intérprete de James Bond sugeriu que a produção jogasse refrigerante no asfalto, para torná-lo mais pegajoso e menos escorregadio.

“Eu gastei £55 mil jogando Coca-Cola em Matera”, disse Morrison. Com a ajuda do refrigerante, dublê de Daniel Craig, Paul Edwards, conseguiu fazer a cena - um pulo de sete metros de altura a 100 km/h - com mais segurança.

Com tanto estoque da bebida, Morrison ganhou um produto de limpeza. "Eu já fiz isso em outros filmes, mas nunca usamos tanto refrigerante. Sem contar que, depois que você lava a rua para tirar a Coca do chão, ela fica parecendo mais limpa do que nunca", contou ele.

"007 - Sem Tempo Para Morrer" tem estreia prevista nos cinemas em abril de 2021.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube