Nova zebra da Copa, japoneses citam feito de sauditas contra a Argentina

DOHA, QATAR (FOLHAPRESS) - Em meio à felicidade e aos festejos pela vitória de virada sobre a Alemanha (2 a 1, em Doha) na estreia na Copa do Qatar, jogadores do Japão mencionaram a zebra do dia anterior, a Arábia Saudita, que também de virada derrotou a Argentina de Messi.

Azarões da vez, os japoneses surpreenderam a tetracampeã mundial Alemanha, uma das favoritas ao título no Mundial deste ano.

"Eles [sauditas] fizeram um grande jogo. Foi inspirador", declarou o meia-atacante Mitoma, que entrou no jogo no começo do segundo tempo, quando o Japão ainda estava atrás no placar.

"Este momento é inacreditável para o time e para mim. Pensávamos em empatar, mas claro que queríamos ganhar. Este jogo foi incrível, e penso que fizemos história."

O capitão Yoshida também mencionou o triunfo saudita, porém não demonstrou estar surpreso por completo.

"Foi uma surpresa, mas não uma grande surpresa. Sabíamos que a Arábia Saudita tem um time muito bom, eles jogam todos juntos na mesma liga [a do próprio país]. São bons jogadores, especialmente quando atuam em casa. Não estão exatamente em casa [na Copa], mas estão na região deles, no Oriente Médio."

Para o zagueiro, o Japão usou o intervalo da partida para fazer ajustes que se mostraram importantes para a reação. "Estávamos com dificuldade para marcar Musiala e Müller. Mudamos um pouco a defesa e melhoramos nossa marcação."

"Depois do gol, tentamos nos manter calmos, seguros. Sabíamos que no segundo tempo poderíamos ter mais chances, ter mais espaço. Somos fortes coletivamente e mostramos isso", completou Yoshida, que joga no futebol da Alemanha (Schalke 04).

Pelo Grupo E, o Japão volta a campo no Mundial no domingo (27), contra a Costa Rica. No mesmo dia, a Alemanha tentará reagir no clássico contra a Espanha.