Nova realidade: Santos estima prejuízo grande com partidas sem público em 2020

Nathalia Almeida
90min

Ainda não há nenhum indicativo de quando o calendário brasileiro será retomado, mas o fato é que, quando isso acontecer, certamente não teremos presença de público nas arquibancadas. Clubes do futebol nacional já começam a fazer contas e estimar o prejuízo a ser gerado por esta nova realidade, trazida pela pandemia global de coronavírus.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Tomando como base o déficit que teve com a partida sem público contra o Delfín pela Libertadores - jogo disputado com portões fechados devido a uma punição -, o Santos já tem uma ideia de quanto será o seu prejuízo total daqui ao final da temporada em seus 32 jogos (garantidos) como mandante: R$ 704 mil. Como destaca o UOL Esportes, a estimativa parte do princípio que o prejuízo de R$ 22 mil, obtido no confronto contra os equatorianos, se manterá para todos os demais jogos futuros do Peixe na Vila Belmiro.


Santos v Delfin - Copa CONMEBOL Libertadores 2020
Santos v Delfin - Copa CONMEBOL Libertadores 2020

Vale lembrar que este valor de prejuízo estimado não contempla, obviamente, as receitas que o clube deixará de levantar com bilheterias. No fim das contas, as perdas financeiras são muito maiores do que os gastos de operação para receber partidas na Vila Belmiro.


Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.


Leia também