Nova gestão do Internacional fecha quarteto de executivos em busca de profissionalização

Futebol Latino
·2 minuto de leitura


Com a premissa de profissionalização muito presente no dia a dia, a gestão do Internacional fez mais um movimento estratégico ao indicar a nomeação de um CEO para o clube, o executivo Giovane Zanardo. Desde os primeiros dias do presidente Alessandro Barcellos na presidência, aconteceram movimentos neste sentido.

>Quando acontece o próximo jogo do Inter na temporada?

Foi assim com a contratação de Paulo Bracks, diretor executivo de futebol, seguida pela apresentação do novo diretor de Vendas e Marketing, Juan Pablo Boeira, com a meta de atingir 200 mil sócios-torcedores. Mais recentemente, a chegada de Gustavo Grossi como gerente executivo das categorias de base, com objetivo de cuidar da fábrica de talentos Colorada.

Na sequência, o anúncio de Miguel Angel Ramirez e toda sua volúpia em desenvolver um futebol de alta performance e espetáculo com o Colorado - tudo isso absolutamente em linha com o projeto que foi apresentado aos sócios durante a campanha eleitoral.

Com essa responsabilidade de seguir conduzindo a estratégia do clube em todas as frentes, a direção do Internacional faz mais uma alteração no seu organograma, essa muito estratégica, promovendo o atual CFO para o cargo de CEO do clube. Na posição de principal executivo do clube, Giovane Zanardo terá como papel fundamental a liderança dos demais executivos na busca das metas anuais definidas no planejamento estratégico, respondendo diretamente ao Conselho de Gestão. Com 51 anos, Zanardo assume o cargo após quatro anos de experiência dentro do Clube como CFO.

- Teremos decisões importantes e difíceis pela frente. Precisamos ter um clube equilibrado financeiramente, mas também garantir nossa presença e protagonismo em todos os campeonatos que vamos disputar. Chegou o momento de voltarmos a ganhar títulos - explica Zanardo.

De acordo com o presidente Alessandro Barcellos, a promoção de Zanardo se dá de forma natural pois “ele é o executivo com mais experiência de Inter e, além de ser uma pessoa da mais alta confiança, tem uma performance executiva invejável”.

O currículo do novo CEO passa por várias áreas, desde a indústria farmacêutica, passando por empresas de tecnologia, além de uma exitosa carreira no mercado financeiro. Colorado fanático, Giovane é casado e tem dois filhos, sendo todos aficionados pelo Inter.

Com a responsabilidade de entregar um projeto definido para o clube, esse desafio é encarado com seriedade pelo executivo:

- Vamos analisar todas as áreas de forma detalhada, projetar cenários e buscar um alinhamento de todas as ações do Clube. Vamos trabalhar muito para entregar à torcida um Clube vitorioso. Seremos um time dentro e fora de campo.

O profissional é graduado em Ciências Contábeis pela UNISINOS, pós-graduado em Administração Financeira também pela UNISINOS e Mestre em Administração pela UFGRS, além de possuir cursos na área financeira, de mercado de capitais e de alta gestão. Atuou também como professor Universitário por mais de 10 anos em diferentes Instituições de Ensino Superior, no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro, tendo coordenado o Curso de MBA em finanças na UNISINOS.