Nova estrutura do Vasco vai seguir com mudanças radicais; entenda

Jorge Salgado vai acumular dois cargos no Vasco como associação (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)


Depois de anunciar a nova estrutura do clube, o Vasco vai continuar sofrendo mudanças radicais. Com a venda da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) à 777 Partners, a associação será mais enxuta, por não ter mais a necessidade de manter o atual quadro de funcionários. Com isso, mais modificações devem acontecer nos próximos dias.

Segundo informações apuradas pelo LANCE!, o Vasco associativo vai ter apenas entre 30 a 40 funcionários, contabilidade e outros departamentos serão terceirizados.

A redução do quadro de funcionários vai permitir que a associação tenha mais dinheiro. Com isso, a ideia de reestruturação otimizada nas áreas administrativa, operacional e desportiva será possível para garantir a eficiência da gestão. Além disso, vai permitir que o Vasco, como clube associativo, cresça de maneira sustentável.

+ Amigo de volante entrega acerto do jogador com o Vasco

Confira nova composição da diretoria administrativa:
Presidente da diretoria administrativa: Jorge Nuno Odone de Vicente da Silva Salgado
1º Vice-presidente da diretoria administrativa: Carlos Roberto de Figueiredo Osório
2º Vice-presidente da Diretoria Administrativa: Roberto Duque Estrada de Sousa
Diretoria de finanças/administrativo: Jorge Nuno Odone de Vicente da Silva Salgado
Diretoria jurídica: Roberto Duque Estrada de Sousa
Diretoria de esportes: Marcel José Kaskus
Diretoria de comunicação: Danillo Ferreira Bento
Diretoria de marketing: Francisco Kronenberger Martins
Diretoria de história e responsabilidade social: Horácio Lopes Rodrigues Júnior

Vale destacar que Adriano Dias Mendes, José Candido Seabra Bulhões Pedreira, Rafael Moreira Cobo, Vitor de Medina Coeli Roma, Fabio Barboza Nogueira, José Roberto Gomes da Costa e Maurício Corrêa Rodrigues saíram e não fazem mais parte do quadro de vice-presidentes do Vasco.